Famílias cadastradas iniciam plantio na Horta Comunitária do bairro Santa Rita

Os produtos cultivados serão de consumo próprio das famílias participantes, entidades carentes e escolas

Famílias cadastradas iniciam plantio na Horta Comunitária do bairro Santa Rita

Os produtos cultivados serão de consumo próprio das famílias participantes, entidades carentes e escolas

As primeiras quatro famílias cadastradas no projeto Horta Comunitária deram junto a Associação de Moradores do bairro Santa Rita o primeiro passo, para que a iniciativa seja aderida por mais membros da localidade. A atividade já conta com integrantes de diversas faixas etárias, misturando gerações em prol de um método sustentável de produção de alimentos.

De acordo com a bióloga da Fundação Municipal do Meio Ambiente, Pâmela Felipim da Silva, as ferramentas e parte do adubo que serão utilizados para o cultivo dos canteiros foram adquiridos por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre uma empresa do município e a Fundema. “O empreendimento fez o corte de vegetação na cidade, e como compensação dispôs dos materiais, como ferramentas e adubo”.

O local de aproximadamente 350 metros quadrados foi oferecido pela Associação do bairro e visa viabilizar o compartilhamento de verduras e hortaliças entre os cidadãos da comunidade. Os produtos cultivados no espaço serão de consumo próprio das famílias participantes e também poderão ser destinados para entidades carentes, escolas ou Centros de Educação Infantil.

Dos 28 canteiros totais, 22 ainda podem ser utilizados pelos residentes. Os interessados podem se cadastrar na sede da Associação de Moradores, todos os dias, a partir das 18h, ou com a equipe da Fundema. “Por meio do apoio de todos vamos implantar uma cultura mais sustentável de compartilhamento. Esperamos que essa seja a primeira de uma série de ações nesse sentido que vamos desenvolver no município”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio