Fenarreco tem o pior público dos últimos sete anos em 2018

Apenas 77,9 mil pessoas estiveram no evento, 29% a menos que em 2017

Fenarreco tem o pior público dos últimos sete anos em 2018

Apenas 77,9 mil pessoas estiveram no evento, 29% a menos que em 2017

A 33ª edição da Fenarreco teve o pior público dos últimos sete anos: 77.877 pessoas estiveram presentes no pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof entre 4 e 14 de outubro, 29% a menos do que em 2017, quando cerca de 110 mil pessoas foram à Festa Nacional do Marreco. O prejuízo foi de aproximadamente R$ 152 mil, com receitas de R$ 1,02 milhão e despesas em torno de R$ 1,16 mil.

De acordo com números da Secretaria de Turismo divulgados nesta sexta-feira, 23, ao todo foram consumidos 106.611 copos de chope, além de 28.989 porções de bebidas diversas, como refrigerante, suco e água. Durante os 11 dias de festa foram comercializados 8.209 buffets livres e 4.788 pratos típicos, além de 586 sobremesas.

“A Fenarreco se consolidou como um evento gastronômico. As pessoas vêm para nossa festa para saborear o marreco recheado e outros pratos típicos. Mesmo com o público reduzido, o consumo de pratos típicos não diminuiu na mesma proporção”, analisa o diretor de Turismo, Norberto Maestri, o Kito.

Em sua avaliação, o período eleitoral e dias de mau tempo prejudicaram a edição. No entanto, ele relata elogios dos visitantes e aumento na quantidade de excursões que vieram de outros estados.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio