Festas juninas aquecem a economia de Brusque

Mercados e empresa de traje típico afirmam haver aumento significativo nas vendas neste período

Festas juninas aquecem a economia de Brusque

Mercados e empresa de traje típico afirmam haver aumento significativo nas vendas neste período

Junho é popularmente conhecido pelas festas juninas e hoje comemora-se o dia de São João, famoso por ser o santo festeiro. Durante todo o mês, muitos eventos acontecem para celebrar essa data. Com isso, a economia de mercados e empresas de traje típico de Brusque fica mais movimentada.

Pipoca, vinho e cachaça para fazer quentão, paçocas, puxa-puxa, canjica, bananinhas, cocadas, pinhão, maria-mole e teta-de-nega são os produtos mais consumidos nessa época. O gerente do Bistek Supermercados, Evandro Bez, conta que durante junho e julho as vendas aumentam cerca de cinco vezes mais em comparação com os outros meses do ano. Segundo ele, escolas e clientes que têm a tradição de fazer festas procuram por estes produtos. “Cada vez cresce mais. Em 2014, tínhamos uma barraca com os produtos expostos, neste ano já temos duas e é reposta frequentemente”, afirma, ressaltando que os preços variam em média de R$ 2 (pipoca) a R$ 13,98 (vinho).

Desde a segunda quinzena de maio até a metade de julho os cerca de 100 produtos “juninos” (entre pesos e embalagens diferentes) oferecidos nos Supermercados Archer são muito consumidos, conforme o gerente comercial, Udo Wandrey. Ele afirma que quando começa a esfriar a população já inicia a procura pelos itens. “É um aumento significativo, certamente estes produtos vendem muito mais nestes meses do que em todo o restante do ano”.

De acordo com ele, os preços não tiveram acréscimo em comparação com 2014 e variam de R$ 0,79 (pipoca – embalagem menor) até R$ 11,98 (vinho).

As barracas dos mercados chamam a atenção dos clientes segundo a cabelereira Luciani Mara Santos. Ela compra frequentemente paçoquinha, mas neste época, o consumo é intensificado. O autônomo Sidnei Vinotti também gosta da paçoca, no entanto, ele só compra a que tem açúcar mascavo. “Cuido da minha saúde e gosto de me alimentar com produtos orgânicos, por isso sempre escolho com mascavo”, salienta.
Traje típico

As roupas típicas de festas juninas também estão “em alta” nessa época. Vestidos, camisas, chapéus e cortes para fazer o rasgado da calça são os mais procurados, de acordo com a auxiliar de vendas da Embrulhe Festas, Shirlei Smmionosky Campos. Segundo ela, 80% das compras são feitas para o público infantil. “São muito usadas nas festas das escolas e em família”.

Shirlei conta que o vestido para criança custa R$ 28, as camisas R$ 24. Já um traje adulto feminino está em média de R$ 50 e a camiseta masculina R$ 26,60. Ela afirma que neste período as vendas aumentam aproximadamente um terço a mais do que nos outros meses do ano. Além disso, são comercializados assiduamente na loja, balão de papel de São João, faixas, TNT para decoração, copos, guardanapos e saquinhos de pipoca.
O Dia de São João é comemorado anualmente em 24 de Junho. Ele é conhecido como o “Santo festeiro”, e nesse dia são realizadas muitas festas, conhecidas popularmente como Festas Juninas, comemorações marcadas por danças e pratos típicos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio