Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Fiesc inicia campanha para escolarizar catarinenses que não concluíram a educação básica

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Fiesc inicia campanha para escolarizar catarinenses que não concluíram a educação básica

Contra Temer

Raul Sartori

Escolaridade é investimento
Na elogiável campanha para escolarizar catarinenses que ainda não concluíram a educação básica, o presidente da Fiesc, Glauco Corte, destaca um estudo recente da Fundação Getúlio Vargas que chegou a uma constatação extraordinária: quem consegue um ano a mais de escolaridade aumenta sua renda em 15%; com curso de graduação completo, esse impacto é de 47%. A campanha, do Movimento SC pela Educação, inédita no Brasil, reúne as federações da indústria (Fiesc), comércio (Fecomércio), agricultura (Faesc) e transportes (Fetrancesc), em conjunto e Secretaria Estadual de Educação para a oferta em rede de educação para jovens e adultos. Em SC, dos 2,2 milhões de trabalhadores formais, 725 mil não concluíram a educação básica.

Contra Temer
O deputado federal Jorginho Mello (PR-SC) não se intimidou e votou a favor da admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer mesmo sendo o congressista catarinense que mais conquistou recursos para o Estado, especialmente de emendas parlamentares, no primeiro semestre deste ano. Foram R$ 6,3 milhões. Fica a pergunta que não quer calar: ele vai devolver as indicações que fez para o governo federal, principalmente no Dnit em SC?

Permuta
Com a certeza de que as Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs) de Blumenau e Timbó não passam, hoje, de um cabide de empregos, como é em quase todas as outras 33, o deputado estadual Jean Kuhlmann (PSD) defende sua substituição pela Superintendência da Região Metropolitana de Blumenau. Como não se pretende uma pura e simples cópia do atual cabide, teria apenas um superintendente, um diretor técnico e um administrativo, indicados pela comunidade local em uma lista tríplice encaminhada para o governador. Deveria ter regras determinando, em primeiro lugar, que políticos não ocupem aqueles cargos.

Recesso
Com tantas demandas reclamadas pela população, algumas câmaras de vereadores de SC estão sendo pressionadas a acabar com o recesso de julho, que está em suas leis orgânicas e regulamentos. Uma das primeiras pode ser a de Capivari de Baixo.

Desalento
Conversa indiscreta entre policiais envolvidos na prisão de uma quadrilha, a quem se atribui 18 ataques a bancos em meses recentes em SC e no Paraná, revelou uma preocupação atroz: que os criminosos, com respaldo judicial, ganhem a liberdade já nos próximos dias. Sem comentários.

Tragédia explorada 1
Tido como um dos maiores formadores de opinião na mídia esportiva nacional, o jornalista Juca Kfouri escreveu ontem seu desagrado em informar que enquanto a solidariedade mundial continua a se manifestar em torno da tragédia que matou 71 pessoas no voo da Chapecoense para Medellín, as vítimas que perderam seus filhos, maridos, pais e irmãos não encontram o mesmo respaldo nem do clube, nem da CBF, nem da Conmebol.

Tragédia explorada 2
Diz que a maior revista esportiva do mundo, a americana Sports Illustrated, acaba de publicar tocante reportagem sobre o pesadelo vivido na madrugada de 29 de novembro passado, o Barcelona receberá a equipe catarinense na próxima segunda-feira, o Papa vai abençoar o time que jogará com a Roma no dia 1º de setembro, mas quem ficou, as maiores vítimas, estão a cada dia mais desamparadas.

A ponto de terem criado uma Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense (AFAV-C) e constituído advogados cíveis e trabalhistas para lutar pelos seus direitos mal atendidos até aqui.

Náutica
Uma frente que está sendo instalada no Legislativo estadual, começa finalmente a se preocupar com o setor náutico de SC, Estado que é o maior fabricante de barcos no Brasil mas que, por ironia, não tem legislação que garanta segurança jurídica para os investidores. O ramo tem enorme potencial no próprio Estado. Cinco grandes lagos e barragens oriundos da construção de hidrelétricas estão à espera de que algo se faça neles.

Reabilitação visual
A Fundação Catarinense de Educação Especial acaba de reativar o Serviço de Reabilitação Visual, interrompido há um ano e meio, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). SC tem cerca de 30 mil pessoas completamente cegas e outras 170 mil com baixa visão e que dependem de recursos especiais para manter suas atividades diárias.

E os outros?
O governo federal planeja reduzir benefícios de servidores do Executivo, como auxílio-alimentação, transporte e moradia, que fazem com que salários superem teto de R$ 33,7 mil. Sim, são que privilegiados diante da miséria de dezenas de milhões. Mas, os acima deles, do Judiciário e Legislativo, não só federais, como estaduais e municipais, verdadeiras máquinas de gastar e pouco produzir, nada?

Sem desvio
Se fosse feita uma pesquisa, é bem provável que a grande maioria da população apoiaria leis municipais vedando que vereadores eleitos se licenciem do mandato eletivo em favor de cargos comissionados no Executivo, como já acontece em algumas cidades de SC. Seguramente, se teria a mesma opinião quanto a deputados estaduais e federais que imediatamente após as eleições traem seus eleitores, descaradamente. E assim fica até a eleição seguinte.

Silêncio
Nenhum petista catarinense – nem o ex-frei e teólogo Leonardo Boff – ousou se solidarizar publicamente com a nova presidente nacional da sigla, senadora Gleisi Hoffmann, que manifestou apoio incondicional ao inqualificável presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, e sua determinação de agredir e diminuir a democracia naquele país, quase que diariamente.

Ameaça
Pode servir de referência para milhares de outros casos parecidos a confirmação de condenação, mesmo que branda, no Judiciário estadual, de um homem, a um mês 10 dias de detenção em regime aberto, pela prática do crime de ameaça contra sua ex-companheira. “A ameaça se consuma no momento em que a vítima toma conhecimento dela, independentemente de sentir-se de fato ameaçada e de se concretizar o mal prenunciado; basta o emprego de meios idôneos atemorizadores e o conhecimento deles pela vítima para a configuração do delito”, explicou o desembargador Moacyr de Moraes Lima Filho, relator do processo.

Vida
O mundo acompanhou o caso do menino inglês Charlie Gard e sua luta para continuar vivo, que terminou semana passada. Enquanto isso, em Jaraguá do Sul, um homem adulto, portador de doença grave, buscou garantia judicial para que, em cirurgia que precisa fazer, não receba transfusão de sangue (se fosse necessária para garantir-lhe a vida), em respeito à suas convicções religiosas. Obteve êxito, fundado no direito ao exercício de liberdade religiosa, depois que os médicos vinham se negando a atendê-lo naquele pedido.

Vinho Goethe
A Festa do Vinho Goethe vai entrar no calendário turístico oficial do Brasil. É o que estabelece a lei federal 13.470/2017, sancionada pelo presidente da República, Michel Temer, e publicada na semana passada no Diário Oficial da União. A lei vale a partir do ano que vem. A comemoração ocorre anualmente na primeira quinzena de julho no distrito de Azambuja, em Pedras Grandes, município que recebeu a primeira colônia de imigrantes italianos na região sul de SC. Eles desenvolveram o cultivo da uva Goethe e a produção de um vinho diferenciado. Em 2011, a bebida recebeu o registro de Indicação Geográfica de Procedência (IGP), a primeira de SC. Este ano houve a décima edição da festa.

Prontidão
Em alguns municípios do oeste de SC, principalmente na região de Campos Novos e Abelardo Luz, dezenas de desempregados estão arranjando inesperado serviço temporário. É que fazendeiros estão recrutando mais pessoal, além do que já tem, para reforçar a vigilância de suas propriedades diante do anúncio do MST de que fará um verdadeiro arrastão de invasões no feriado de Sete de Setembro. E não esconde que o alvo são propriedades de políticos e empresários.

Mundo animal
Em breve entra na pauta de discussão do Congresso Nacional polêmico projeto de decreto legislativo do deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) para suspender norma do Ministério do Meio Ambiente que enumera as espécies da fauna e da flora ameaçadas de extinção que devem ser protegidas, inclusive com proibição de captura e comercialização. Colatto argumenta que a norma cria um novo tipo de crime ambiental, para quem descumprir as regras relativas aos animais em extinção, sem alterar a Lei de Crimes Ambientais.

Acesso livre
A Justiça Federal em SC determinou, sob multa diária de R$ 10 mil, que o município de Governador Celso Ramos assegure o livre acesso da população às praias. Ação civil pública foi ajuizada em 2008 contra a União e o município pelo fato de ficarem omissões diante da construção de cercas, muros, guaritas e outras construções, impedindo o livre acesso a seus balneários, em acintosa afronta a disposições legais e constitucionais, que os qualificam como bem de uso comum do povo.

DETALHES
O brasileiro está farto do Congresso Nacional e de Temer. Prova disso é que comparativamente a dias anteriores, caiu em 12%, anteontem, a média de audiência da Rede Globo durante a transmissão da sessão (de causar enjoo diante do comportamento da maioria) da Câmara dos Deputados que rejeitou a denúncia contra Temer.

De dar risada o Programa de Demissão Voluntária (PDV) do governo federal, que prevê economia de R$1 bilhão enquanto os gastos com pessoal são de R$ 284 bilhões.

Sempre sensível a estas causas humanas, este espaço registra a nobre ação social da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Hospital Universitário da UFSC que neste sábado realizarão atenderão oito pacientes de diferentes regiões do Estado que fizeram a redução de estômago e apresentam grande sobra de pele. Serão operados gratuitamente por médicos voluntários e residentes.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio