O ano de 2018 começou promissor para o Figueirense. Parecia que o time iria conseguir virar a página de más atuações nas competições que vinha participando, já que foi campeão Catarinense para cima da forte e apontada como favorita Chapecoense. Mas, no decorrer do ano, este título não serviu para que o time conquistasse confiança. O alvinegro chegou a brigar para não cair para a Série C do Brasileirão.

Em 2019, o time quer novamente esboçar um recomeço. Tem mais uma vez a oportunidade de formar equipe forte no estadual. Contratou o técnico Hemerson Maria e mais três jogadores. Além disso, a barca também passou no Estreito. Foram 10 saídas, entre contratos e dispensas. Entre os que não seguem no Figueira estão nomes conhecidos, como o atacante Jorge Henrique e Romarinho, filho do ex-atacante Romário.

Veja também:
Abastecimento de água em Brusque deve voltar ao normal ainda hoje

Morador de Guabiruba dedicou dois anos para construção de “carro” de madeira

Delegado e comandante da PM de Brusque opinam sobre flexibilização da posse armas

O clube corre contra o tempo para renovar contrato ainda um velho xodó, o meia e lateral-esquerdo André Santos. Tem contratação grande no radar também, com o goleiro Matheus Vidotto, do Corinthians, e o lateral-esquerdo do Botafogo, Yuri.

Jogos contra o Brusque

3ª rodada – 23/01 – 20h30
Brusque x Figueirense
Augusto Bauer

12ª rodada – 10/03 – 16h
Figueirense x Brusque
Orlando Scarpelli

Deixe uma resposta