Conteúdo exclusivo para assinantes

Saiba quais partidos possuem mais filiados nos primeiros escalões do governo Jonas Paegle

Maior parte dos cargos da Prefeitura de Brusque é do PMDB, do vice-prefeito Ari Vequi

Saiba quais partidos possuem mais filiados nos primeiros escalões do governo Jonas Paegle

Maior parte dos cargos da Prefeitura de Brusque é do PMDB, do vice-prefeito Ari Vequi

Atualmente, nove dos 22 principais cargos do governo municipal não possuem filiação partidária, conforme levantamento feito pelo jornal O Município junto aos bancos de dados da Justiça Eleitoral.

O levantamento considerou os cargos do primeiro escalão, como os de secretário, mas também alguns cargos de diretor com status semelhante, em órgãos como o Procon e o Departamento Geral de Infraestrutura (DGI).

Atualmente, o PSB, partido do prefeito Jonas Paegle, ocupa três cargos no primeiro escalão do governo, nas Secretarias de Educação, Saúde e no Instituto Brusquense de Previdência. A maior parte dos cargos, no entanto, é do PMDB, do vice-prefeito Ari Vequi, que comanda as Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Turismo, Obras e a Defesa Civil.

Há, nos principais cargos do governo, também filiados ao PPS, ao DEM e ao PP. Nem todos, entretanto, possuem atividade partidária ou participam de eleições, como o superintendente da Fundema, Cristiano Olinger, que está registrado como filiado ao PPS, e a diretora do DGI, Andrea Volkmann, que consta no TSE como filiada ao DEM.

Filiações recentes e acordos partidários

O secretário de Saúde, Humberto Fornari, que é médico de carreira na pasta, assumiu a secretaria em 1º de janeiro. Porém, antes disso, em 15 de outubro de 2016, ele assinou sua filiação ao PSB, partido do prefeito Jonas Paegle.

O PPS, por sua vez, possui dois filiados no primeiro escalão do governo, no entanto, apenas um deles foi indicação direta. Trata-se da diretora da Fundação Cultural, Daniela Rezini Gonçalves de Oliveira, indicada a pedido do presidente do PPS, André Rezini, por intermédio do peemedebista Danilo Rezini.

Segundo o vice-prefeito Ari Vequi, o governo tentou montar um quadro mesclado com membros de partidos, mas também indicações técnicas.

Cita, por exemplo, a secretária da Fazenda, Edena Censi, que ocupava o mesmo cargo em Guabiruba, também sem ter vínculo partidário, assim como William Molina, que é professor de Unifebe e se juntou ao governo no começo do ano.

Recentemente, discutiu-se a possibilidade do PP compor formalmente a base aliada do governo. Antes disso, porém, um filiado ao partido já ocupava posição de destaque no gabinete. Trata-se de Aurinho Silveira de Souza, chefe de gabinete do prefeito.

Segundo Ari Vequi, seu nome estaria na lista do primeiro escalão independente do partido que ocupasse, pois se trata de uma indicação pessoal do prefeito Jonas Paegle, o qual queria alguém de confiança para verificar os documentos por ele assinados na prefeitura.

Cargos ocupados por não filiados

No primeiro e segundo escalão da Prefeitura de Brusque nove cargos estão sendo ocupados por pessoas sem filiação partidária, embora alguns deles mantiveram ou ainda mantém relações com partidos.

Trata-se, por exemplo, de Alonso Moro Torres, atual secretário de Trânsito e Mobilidade, que já foi filiado ao DEM, entre 2007 e 2011, e ao PSD, entre 2011 e 2013, quando cancelou sua filiação. Hoje, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não possui filiação e nenhum partido.

O procurador-geral do município, Edson Ristow, também já foi filiado ao PV, tendo cancelado seu registro no ano passado, e hoje também não possui vínculo partidário formal.

A secretária de Assistência Social, Mariana Martins da Silva, apesar de esposa do vereador Deivis da Silva, do PMDB, não está filiada a esse partido, nem a nenhum outro.

Filiações na prefeitura

PSB
José Zancanaro (secretário de Educação)
Humberto Fornari (secretário de Saúde)
Dagomar Carneiro ( diretor-presidente do Ibprev)

PMDB
Ricardo José de Souza (secretário de Obras)
João Beuting  (secretário de Desenvolvimento Econômico)
Norberto Maestri, o Kito (diretor de Turismo)
Adão dos Santos Cintra (diretor da Defesa Civil)

PSD
Roberto Bolognini (diretor-presidente do Samae)
Ademir Luiz de Souza, o Toto (diretor da Fundação de Esportes)

PPS
Daniela Rezini Gonçalves de Oliveira, diretora da Fundação Cultural
Cristiano Olinger (superintendente da Fundema)

DEM
Andrea Volkmann (diretora do DGI)

PP
Aurinho Silveira de Souza (chefe de gabinete)

Sem filiação partidária
Alonso Moro Torres (secretário de Trânsito e mobilidade)
Fábio Caetano (diretor do Procon)
Ronaldo dos Santos (diretor-presidente do Ibplan)
William Molina (secretário de Governo e Gestão Estratégica)
Edena Beatris Censi (secretária da Fazenda)
Edson Ristow  (procurador-geral do município)
Mariana Martins da Silva (secretária de Ass. Social)
Milene Pugliesi Zapala Roza (diretora do Zoobotânico)
Murilo José da Conceição (diretor de Comunicação)

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio