Finalistas do Futsal Amador de Guabiruba foram definidos

Textil Lira e Atlético Guabirubense venceram seus adversários e carimbaram vaga na final

Finalistas do Futsal Amador de Guabiruba foram definidos

Textil Lira e Atlético Guabirubense venceram seus adversários e carimbaram vaga na final

Os finalistas do Campeonato Municipal de Futsal Amador de Guabiruba foram conhecidos no último sábado, 8. No primeiro confronto da noite, o Têxtil Lira bateu o São Cristóvão de virada por 4 a 3 com dois gols do capitão e camisa 10, Paulo Roberto Mandi. Placar completamente distinto da outra partida semifinal entre Atlético Guabirubense e Tecelagem Martins.

Depois de enfrentar dificuldades para passar pelo Carvoeiro na terceira fase, o Atlético atropelou o bom time do Tecelagem por 10 a 1. O camisa 7, Joelson Zimermann, e o camisa 8, João Antonio Wanka, foram os destaques da goleada com três gols cada um.

A decisão do campeonato entre Têxtil Lira e Atlético Guabirubense está marcada para o dia 22 deste mês, às 21h, no Ginásio Municipal João Scheffer.
Textil Lira 4×3 São Cristóvão

As reviravoltas marcaram o confronto entre Têxtil Lira e São Cristóvão. Após início morno com poucas oportunidades de lado a lado, o São Cristóvão abriu o placar aos sete minutos. Luiz Fernando Nascimento experimentou do meio quadra e acertou um chute rasteiro no canto direito do goleiro.

Quatro minutos depois, o Têxtil Lira empatou com um belo gol. Também do meio da rua, Sandro Tolovi mandou um balaço no ângulo direito do goleiro do São Cristóvão, que nada pôde fazer. Com o empate, a equipe foi pra cima e conseguiu a virada aos 18 minutos. O goleiro espalmou para o meio da área o lance livre cobrado por Jairo Celva e a bola foi parar nos pés de Paulo Roberto Antunes. O camisa 13 não desperdiçou e mandou para o fundo das redes.
O resultado não intimidou o São Cristóvão, que conseguiu igualar o marcador nos segundos finais do primeiro tempo. Com a pontaria certeira, Edivaldo do Nascimento estufou as redes em chute do meio da quadra. Logo no início da etapa complementar, o São Cristóvão protagonizou a segunda virada da partida. Em um rápido contragolpe, Adriano Cardoso marcou.

A felicidade do time, no entanto, durou pouco. Três minutos depois, o capitão e camisa 10 do Têxtil Lira, Paulo Roberto Nandi, igualou o placar em 3 a 3 depois de tirar do marcador e tocar para o gol. Aos nove minutos, a terceira reviravolta da partida também passou pelos pés do artilheiro. Ele aproveitou falha do goleiro do São Cristóvão para fazer o quarto da equipe. O time adversário pediu falta no lance, porém, os árbitros validaram o gol.
Nos 10 minutos finais, o São Cristóvão se jogou para a frente em busca do empate. Aos 15 minutos, Cássio Sousa arrancou em contra-ataque pela direita, se livrou da marcação e bateu firme, mas o goleiro do Têxtil Lira fez grande defesa e espalmou para escanteio. Mesmo com a pressão, os azuis seguraram o resultado até o fim e comemoram a classificação.

Atlético Guabirubense 10 x 1 Tecelagem Martins

Diferente do futuro adversário, que suou para passar à final, o atual campeão, Atlético Guabirubense, não teve dificuldades no confronto com o Tecelagem Martins e vai brigar novamente pelo título da competição. A expectativa era de um jogo equilibrado, mas, em quadra, não foi o que ocorreu. Depois de constantes erros na finalização, o Atlético abriu o placar aos 9 minutos do primeiro tempo com Joelson Zimermann. Em jogada trabalhada , o camisa 7 cobrou o lateral para Elton Lana, que escorou na medida para Joelson tocar rasteiro no canto do goleiro. O camisa 7 também carimbou a rede adversária em outras duas oportunidades, já no início da etapa complementar. O Atlético jogava fácil e não teve dificuldades para dilatar o placar.

Assim como Joelson, o camisa 8 João Antonio Wanka também deixou sua marca três vezes. Os outros gols do Atlético foram marcados por Marcos de Oliveira – duas vezes – , Gilson Soares e Elson Lana. O gol de honra do Tecelagem foi anotado pelo camisa 8 Alexandre Sliepp.

Semifinal do feminino

A rodada de sábado também teve a definição do segundo finalista do Campeonato Municipal de Futsal feminino. O Mercado Cati/São Pedro bateu o Solução/Nertex de virada por 3 a 2 e enfrentará o Boos Futsal na decisão. O jogo será em 22 de novembro, no Ginásio Municipal João Scheffer.

O Solução chegou a abrir 2 a 0 com gols de Lucimara Schlindwein. O primeiro, um golaço por cobertura, aos sete minutos. O segundo saiu logo no minuto seguinte. Jéssica Bretscke aumentou. Mas ainda na etapa inicial, o Mercado Cati foi buscar o empate. Bruna Carminati e Adriana de Andrade , aos 16 e 18 minutos, respectivamente, fizeram os gols da equipe.

A virada veio no segundo tempo. Faltando quatro minutos para acabar a partida, Gislaine Grepa recuperou a bola em cobrança mal batida de escanteio do adversário, puxou o contra-ataque, tocou rasteiro na saída da goleira e selou o placar de 3 a 2 para o Mercado Cati.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio