Fios caídos em diversas ruas de Brusque

Problema preocupa moradores que têm receio de algum acidente nos locais

Fios caídos em diversas ruas de Brusque

Problema preocupa moradores que têm receio de algum acidente nos locais

Na ponte Arthur Schlösser, no Centro, trabalhadores tentavam se desviar dos fios caídos – Crédito: Sarita Gianesini 
Quem transita diariamente em direção ao terminal urbano de Brusque e passa pela ponte Arthur Schlosser, se assusta com os fios que estão caídos na localidade. A situação também é encontrada em diversos outros pontos de Brusque, como na avenida Otto Renaux, próximo ao cruzamento da rua Benjamin Constant, com e também na rótula da rua Dorval Luz, no bairro Santa Terezinha. 

O gerente da Centrais Eletricas de Santa Catarina (Celesc) de Brusque, Pedro Paulo Tridapali informou que os fios que se encontram caídos nos pontos são de companhias telefônicas, que compartilham a mesma estrutura da Celesc.”Não são fios elétricos, pois sempre que há rompimento dos mesmos, ou se estão caídos, o atendimento é feito imediatamente”, justifica. 

> Veja a galeria de fotos 

Entretanto, a preocupação dos moradores que passam pelos locais é constante, já que não é possível identificar se o fio pode ocasior choques, se é de energia elétrica ou telefone. 

– Sempre vejo os fios caídos e arrebentados por aí. Penso que para a nossa cidade, que tem tantos turistas, ter fios assim caídos, ainda mais em cima de uma ponte, é um absurdo. Sem contar que é muito perigoso, principalmente para crianças e idosos que passam direto aqui – criticou a diarista Rosana dos Santos, 48 anos. 

**Confira a reportagem completa, o parecer das empresas de telefone e a opinião de mais moradores na edição impressa de amanhã, 2 de março.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio