Fique por dentro da 18ª Copa Santa Catarina e das estatísticas recentes do Brusque

Quadricolor busca quinto título para ultrapassar Joinville e reforçar calendário de 2020

Fique por dentro da 18ª Copa Santa Catarina e das estatísticas recentes do Brusque

Quadricolor busca quinto título para ultrapassar Joinville e reforçar calendário de 2020

João Vítor Roberge‏

O Brusque chega à sua 13ª participação na Copa Santa Catarina com um embalo inédito: é o clube em maior ascensão no estado, é o atual campeão e vem com o título da Série D. Briga pelo quinto troféu para se tornar, de maneira isolada, o maior vencedor da competição.

Com reforços pontuais e boa parte do elenco com contrato até o fim da copinha, a base do time campeão da Série D por enquanto se mantém, e pode levar o quadricolor à sua terceira final consecutiva.

Chegar ao título é importante para o clube, afinal garante uma vaga na Copa do Brasil. Seria a quinta participação, depois de 2011, 2017, 2018 e 2019. Só com um único jogo e empate em 1 a 1 com o Atlético-GO em 2019, que selou a eliminação do quadricolor, foram recebidos R$ 525 mil. O valor teria sido bloqueado integralmente em função de dívidas do clube, mas o Brusque conseguiu reduzir a verba bloqueada a R$ 90 mil.

Ou seja, além de reforçar um calendário completo que tem Campeonato Catarinense, Série C do Brasileiro e Copa Santa Catarina, ser campeão da copinha em 2018 adiciona duas competições: a Copa do Brasil e a Recopa Catarinense, esta em jogo único contra o Avaí.

O Brusque já disputou sete finais da Copa Santa Catarina, com quatro títulos (1992, 2008, 2010 e 2018) e três vices (1990, 2011 e 2017). Participou em 12 das 17 edições já realizadas.

Em 2018

Na última edição da Copa Santa Catarina, o Brusque jogou suas últimas quatro partidas como mandante no estádio Valério Gomes Neto, em São João Batista.

 

Adversários

O Brusque enfrenta, nesta ordem: Tubarão, Joinville, Almirante Barroso, Figueirense, Avaí, Fluminense e Marcílio Dias. Com exceção de Fluminense e Almirante Barroso, os outros disputaram a Série A do Catarinense. O Almirante Barroso também segue embalado, com o título recente da Série B estadual.

A nível nacional, um time é de Série A (Avaí), um de Série B (Figueirense). Marcílio Dias, Tubarão e Joinville participarão da Série D do Brasileiro de 2020, e o Brusque da Série C. Apenas Fluminense de Joinville e Almirante Barroso não possuem divisão nacional no próximo ano.

A dupla de Florianópolis deve utilizar times B ou, no máximo, mistos, levando em conta que estão em péssimas situações no Campeonato Brasileiro.

Fórmula

Com oito clubes, a Copa Santa Catarina terá pontos corridos na primeira fase em 14 rodadas. As quatro equipes com melhor desempenho se classificarão para as semifinais. Os vencedores das semifinais disputam a final. Estas duas fases de mata-mata serão disputadas em jogos de ida e volta, sem critério de gol fora de casa.

Confira a partida em tempo real
A partida entre Brusque e Tubarão terá cobertura em tempo real. Para acompanhar todos os lances, basta acessar omunicipio.com.br, a partir das 15h30.

Campeões

Brusque – 4 (1992, 2008, 2010 e 2018)
Joinville – 4 (2009, 2011, 2012 e 2013)
Figueirense – 2 (1990 e 1996)
Araranguá – 1 (1991)
Avaí – 1 (1995)
Chapecoense – 1 (2006)
Criciúma – 1 (1993)
Marcílio Dias – 1 (2007)
Tubarão – 1 (1993)
Tubarão FC* – 1 (1998)

*Tubarão FC é o clube fundado em 1992. Tubarão é o Clube Atlético Tubarão, fundado em 2005.
Em negrito: clubes que participam da edição de 2019

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo