Flamengo apenas empata com o Independiente e perde o título da Copa Sul-Americana

Rubro-Negro havia perdido por 2 a 1 na ida, por isso a igual deu o caneco para os rojos

Flamengo apenas empata com o Independiente e perde o título da Copa Sul-Americana

Rubro-Negro havia perdido por 2 a 1 na ida, por isso a igual deu o caneco para os rojos

Mesmo empurrado pela massa flamenguista que lotou o Maracanã, o Flamengo não conseguiu reverter o placar da partida de ida da final da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, 13, à noite, o rubro-negro ficou só no empate em 1 a 1 com o Independiente e viu a sua última chance de grande título na temporada se esvair entre os dedos.

O começo de jogo foi promissor para o Flamengo. Com Everton, Felipe Vizeu e Diego no meio, com Lucas Paquetá mais à frente, o time incomodou os argentinos.

Aos 29 minutos, Lucas Paquetá foi oportunista e mandou para a rede. Diego cobrou falta do meio, Juan resvalou na bola, Réver cabeceou para o meio e Domingo não conseguiu tirar. Paquetá aproveitou a sobra e marcou.

Com o gol, o Flamengo levava a decisão para a prorrogação. Na ida, o Independiente havia vencido por 2 a 1, mas na final da Sul-Americana não existe gol qualificado fora de casa.

Porém, a festa rubro-negra durou pouco. Por ironia do destino, Paquetá fez pênalti em Meza. O árbitro de vídeo confirmou a marcação. Barco bateu e mandou a bola para o fundo da rede.

O empate foi uma ducha de água fria para o Flamengo, que tinha bom domínio das ações em campo.

Zerado
O segundo tempo não teve gols. Os rojos, como são conhecidos os argentinos, foram malandros e conseguiram se segurar, cientes de que tinham a vantagem do empate.

Mas não foi por falta de tentativas que o Flamengo não marcou. O Rubro-Negro Carioca finalizou nada menos do que 17 vezes na segunda etapa, perante somente oito dos argentinos.

O técnico Ariel Holan chorou muito após o apito final. O Independiente é um dos maiores times da Argentina e tem sete títulos da Copa Libertadores na história. Este foi o segundo caneco da Copa Sul-Americana – o primeiro foi levantado em 2010.

O lado negativo da final foram as brigas do lado de fora do estádio. Houve muita confusão, gás lacrimogêneo e tumulto na entrada.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio