Flamengo e Cruzeiro se enfrentam pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil

Partida será realizada no Maracanã, com a grande decisão disputada no dia 27, no Mineirão

Flamengo e Cruzeiro se enfrentam pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil

Partida será realizada no Maracanã, com a grande decisão disputada no dia 27, no Mineirão

Os primeiros 90 minutos dos 180 que decidirão a Copa do Brasil terão início nesta quinta-feira, 7, dia da Independência. Torcedores de Flamengo e Cruzeiro estarão com as atenções voltadas a um dos mais importantes monumentos do futebol mundial, o estádio Maracanã. A primeira partida será realizada a partir das 21h45.

Mais uma vez, o Flamengo terá que superar suas limitações para conquistar bom resultado na largada da final. Contratações importantes da temporada, como Éverton Ribeiro e Diego Alves, não estão inscritos na competição e desfalcam a equipe. Já o Cruzeiro tem duas dúvidas que podem fazer a diferença na primeira partida da decisão.

Pelo tetra
O torcedor rubro-negro ainda tem viva na memória a lembrança de 2013. Na ocasião, a equipe conquistou o tricampeonato da competição, e tem a chance agora, quatro anos depois, de levantar mais uma vez a taça e entrar para a lista dos maiores campeões da copa, que tem o próprio Cruzeiro com quatro títulos e o Grêmio, com cinco.

Mas, além do fator casa – o Maracanã deve estar lotado com a massa flamenguista -, o time terá que resolver alguns problemas. Muito contestado, o goleiro Alex Muralha pode dar lugar ao jovem Thiago, pelo menos foi o que deu a entender o técnico Rueda nos treinos da semana. Guerrero também está suspenso, e o time deve contar com um trio de atacantes formado por Vinícius Junior, Berrío e Everton. Contratação de peso da temporada, Conca estará no banco.

A chance do penta
Segundo maior vencedor da Copa do Brasil, o Cruzeiro vislumbra mais um caneco da competição na sua sala de troféus para se igualar assim ao Grêmio e voltar ao topo destas estatísticas. Depois de um início de temporada sem solidez, a Raposa mostrou suas garras na reta final e cresceu principalmente dentro da Copa.

O técnico Mano Menezes tem duas dúvidas para a escalação. Lesionados, Ezequiel e Lucas Romero viajaram com a delegação e disputam a mesma posição, a lateral-direita. Já na frente, o ponto de interrogação tem mais a ver com qualidade: apostar em Rafael Sobis, que vive má fase mas é um atleta experiente e decisivo, ou em Raniel, jovem jogador em bom momento, mas ainda não tão calejado? A solução fica por conta de Mano e será descoberta pouco antes da partida.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio