Flamengo é eliminado pelo Paraná nas quartas de final da Primeira Liga

Paranaenses bateram o rubro-negro em Cariacica na cobrança de pênaltis e enfrentam o Atlético-MG nas semifinais

Flamengo é eliminado pelo Paraná nas quartas de final da Primeira Liga

Paranaenses bateram o rubro-negro em Cariacica na cobrança de pênaltis e enfrentam o Atlético-MG nas semifinais

O Flamengo não luta mais pelo título da Primeira Liga. Ao perder por 5 a 4 para o Paraná nas penalidades – no tempo normal a partida acabou em 1 a 1 – a equipe foi eliminada, enquanto o Paranito avança às semifinais. O jogo foi disputado na quarta-feira, 31, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES). O Paraná agora enfrenta o Atlético-MG na próxima fase, que será no sábado, 2.

Misto quente
Mesmo jogando com um mistão, foi o Flamengo quem deu as cartas no primeiro tempo. O Paraná mal viu a cor da bola, mas a falta de entrosamento do elenco dificultou a missão de abrir o placar no Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo.

Logo aos três minutos, Márcio Araújo teve boa chance ao passar por dois marcadores e arriscar de longe, mas a bola foi direto pela linha de fundo. Aos 10, a primeira bola acertada para o gol: Geuvânio fez boa jogada pela direita e arriscou o chute, mas Richard fez a defesa.
O Fla se manteve atacando, enquanto o Paranito só fazia defender. Aos 40 minutos de jogo a equipe da casa teve a melhor chance da partida até então. Éverton Ribeiro cruzou bola para o seu ataque e Cristovam tentou afastar, mas jogou contra o próprio patrimônio e quase marcou gol contra. Mesmo assim, a etapa terminou com placar zerado.

Consagração nos pênaltis
Gol mesmo só se viu na etapa final de partida. Aos 16 do segundo tempo, o Flamengo teve pênalti para cobrar após mão de Igor dentro da área. Éverton Ribeiro chamou a responsabilidade, marcou e converteu: no ângulo, a cobrança não deu chances para o goleiro. Mas a resposta veio apenas dois minutos depois. Em cobrança de falta de longa distância, Renatinho, do Paraná, acertou a meta. Alex Muralha demorou para cair depois do chute.

Mas não passou disso. As duas equipes, portanto, precisaram decidir a vaga na fase semifinal na cobrança de pênaltis. Rafael Vaz converteu para o Fla na primeira batida, e Renatinho empatou na sequência. Gabriel e Leandro Vilela também converteram, empatando. Aí Vinicius Junior perdeu sua cobrança, comprometendo o Fla, mas Murilo Rangel acertou a trave. Conca marcou, mas Brock empatou. Éverton e Alemão fizeram e foi para as cobranças alternadas. Aí Lucas Paquetá perdeu e Vitor Feijão classificou o Paraná.

Cruzeiro 2×0 Grêmio
O pesadelo gremista voltou a acontecer no Mineirão. Pela segunda vez em apenas sete dias, a Raposa eliminou o tricolor de uma competição. Assim como na Copa do Brasil, o estádio mais famoso de Belo Horizonte foi o palco da eliminação gaúcha na Primeira Liga. Os gols saíram apenas na reta final de partida. Aos 43 minutos, Sassá passou por dois marcadores e arriscou o chute, a bola sobrou para Raniel que aplicou um voleio para as redes. Já nos acréscimos, aos 47, Arrascaeta recebeu mais uma assistência de Sassá e deu números finais à partida.

Internacional 0x1 Atlético-MG
Em terras gaúchas, os mineiros fizeram a festa. Em noite de grande atuação do goleiro Giovanni, do Galo, o Atlético-MG avançou para as semifinais da competição após derrotar o Internacional por 1 a 0 em pleno Beira-Rio. O único gol foi marcado aos 39 minutos do primeiro tempo. Fred sofreu falta, mas o árbitro deu a vantagem, a bola sobrou para Clayton que arriscou o chute. A bola desviou e saiu do alcance de Marcelo Lomba, beijando as redes e classificando o Galo para a próxima fase da competição.

Londrina 2×0 Fluminense
A equipe mista do Fluminense não se encontrou em campo, e o Tubarão aproveitou para vencer muito bem e avançar às semifinais, eliminando inclusive o atual campeão da Primeira Liga. Carlos Henrique foi o autor dos dois gols do Londrina. Aos 41 do primeiro tempo, Celsinho deu passe para o camisa 9 dominar, tirar de Júlio César e marcar. O centroavante colocou números finais na partida aos 33 minutos depois de cobrança de Patrick Vieira, desvio de Germano e rebote de Júlio César que deixou a bola livre para o artilheiro sacramentar a vitória.

Eliminatórias da Copa

Líder, Brasil recebe Equador na Arena do Grêmio
A Seleção Brasileira disputa esta noite a 15º rodada das Eliminatórias da Copa – Etapa América do Sul. Líder absoluto com nove pontos a mais do que a Colômbia, que está em segundo lugar, a equipe enfrenta o Equador na Arena do Grêmio na quinta-feira, 31, a partir das 21h45.

Os equatorianos estão na sexta colocação, uma abaixo da zona de classificação e da repescagem, e precisam muito da vitória para seguir lutando pelo acesso à Copa do Mundo 2018, na Rússia. A formação titular verde e amarela deve contar com: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio