Fórum fomenta práticas de melhoria contínua em empresas

Evento acontecerá no município em abril e deve reunir mais de 500 profissionais de diversos setores

Fórum fomenta práticas de melhoria contínua em empresas

Evento acontecerá no município em abril e deve reunir mais de 500 profissionais de diversos setores

Brusque será palco do 3º Fórum Discuta Lean Sul 2017, no dia 6 de abril. O evento, que tem o intuito de difundir o fomento de melhores práticas em empresas de diversos setores, deve trazer ao município cerca de 500 profissionais de mais de 200 empresas do Brasil.

“Construindo um modelo de Melhoria Contínua para sua empresa” é o tema do fórum, que contará com palestras paralelas de 25 profissionais renomados no segmento, com destaque para os palestrantes dos Estados Unidos: Sammy Obara e Jaime Villafuerte, autor do livro “Conduzindo efetiva inovação através de uma cultura de Melhoria Continua”.

Todo o evento é baseado no pensamento Lean – uma filosofia de gestão inspirada em práticas e resultados do Sistema Toyota. O professor da Uniasselvi/Assevim, idealizador e um dos organizadores do fórum, Joziel J. Corrêa, diz que a conotação é voltada a essa melhoria contínua das organizações. Conforme a filosofia, trata-se de um corpo de conhecimento cuja essência é a capacidade de eliminar desperdícios continuamente e resolver problemas de maneira sistemática, o que implica repensar a maneira como se lidera, gerencia e desenvolve pessoas.

Corrêa afirma que elevar a competitividade no mercado é importante para toda a indústria e demais empresas. “O momento e as consequências que a crise arrasta por um tempo é um campo aberto para novos desafios, a filosofia do Lean oferece ferramentas para reduzir os custos, otimizar recursos, tornar os processos mais eficientes e melhorar a qualidade dos produtos e serviços”.

Para o professor Daniel Lorenzon, também da Uniasselvi/Assevim e organizador do fórum, o evento deixa claro que é necessária a implantação dos conceitos da melhoria contínua patrocinada pela alta administração e que ganhos rápidos obtidos no meio do caminho facilitam esse processo.

Outro diferencial do evento, na visão de Corrêa, foi a possibilidade da submissão de artigos científicos relacionados ao tema. Além do público, principalmente de empresários, profissionais liberais, consultores e servidores, os universitários poderão apresentar 30 projetos, dos quais dez serão selecionados e expostos durante o fórum.

“Como professores considerávamos que faltava isso, já que muitos acadêmicos acabam submetendo seus artigos fora da região. Por isso, pensamos em facilitar a vida acadêmica e oferecer essa possibilidade dentro do fórum”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio