Foto levanta suspeita de compra de votos por candidato a vereador de Brusque

Imagem, que circula desde quinta-feira, 29, mostra veículo plotado carregado de cestas básicas

  • Por Redação
  • 13:56
  • Atualizado às 16:51

Foto levanta suspeita de compra de votos por candidato a vereador de Brusque

Imagem, que circula desde quinta-feira, 29, mostra veículo plotado carregado de cestas básicas

  • Por Redação
  • 13:56
  • Atualizado às 16:51
  • +A-A

A foto de um veículo plotado com propaganda de um candidato a vereador carregado de cestas básicas, divulgada na tarde desta quinta-feira, 29, levantou suspeita sobre compra de votos para a eleição deste domingo, 2 de outubro. Denúncias foram feitas ao Ministério Público e à Polícia Civil.

A história começou no meio da tarde de quinta-feira, quando começou a circular a foto de uma Toyota Hilux branca, plotada com propaganda do candidato a vereador do PSD, Miguel Comandolli, carregada de cestas básicas.

A imagem mostra que a tampa do veículo abriu devido à grande quantidade de pacotes, e parte caiu no chão.

Outro candidato a vereador, cujo carro estava logo atrás da Hilux carregada de compras, Jeferson Bianchi, fez um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil, para denunciar o caso.

Em um vídeo divulgado na sua página do Facebook, ele justifica a decisão.

“Eu fiz o boletim de ocorrência para cumprir com a minha obrigação, para que esse tipo de coisa não aconteça. Espero que não aconteça mais nos dias que antecedem as eleições”, disse Bianchi, que emendou.

“Essa cesta básica vai te alimentar por cerca de 15 dias, talvez nem isso, e eles vão se alimentar do dinheiro dos seus impostos por quatro anos”.

A Polícia Civil recebeu a denúncia e irá investigar o caso.

A coligação Renova Brusque, encabeçada por Jadir Pedrini (PROS) e Roberto Prudêncio Neto (PSD), divulgou nota oficial a respeito da denúncia.

“A Coligação Renova Brusque vem a público repudiar qualquer ato que contrarie princípios éticos e desrespeite a legislação eleitoral”, diz a nota.

O comunicado afirma que a orientação da equipe de campanha a todos os candidatos e cabos eleitorais é no sentido de realizar “uma campanha limpa, pautada pela honestidade e pelo cumprimento das regras”.

“Infelizmente, não há como ter controle sobre as práticas realizadas por cada um dos candidatos e cabos eleitorais, e só temos a lamentar caso o fato venha a se confirmar”, informou a coligação, no comunicado enviado.

A ouvidoria do Ministério Público recebeu uma denúncia sobre o caso, protocolada às 16h35 desta quinta-feira, 29. Essa denúncia, contudo, apenas continha fotos do ocorrido, sem explicações detalhadas.

Por isso, foi solicitado ao denunciante que aponte especificamente as irregularidades oriundas das fotos anexadas, para que o material possa ser remetido à Promotoria de Justiça específica.

Curiosamente, o campo “assunto” do e-mail enviado ao MP-SC foi preenchido com a frase: “Eleições Brusque – Uma foto vale muito mais que mil palavras”.

O Município Dia a Dia tentou contatar a candidato Miguel Comandolli por telefone, para saber se ele gostaria de comentar o assunto, mas o celular estava desligado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio