Fazer o bem a quem precisa é sempre uma forma bonita de se comemorar o Natal. Para não deixar passar em branco essa data, tão marcada pela solidariedade e ajuda ao próximo, os funcionários da Havan de Brusque organizam, anualmente, a campanha Natal Feliz Havan. Esta já é a 11ª edição do evento e, neste ano, teve suas festividades na comunidade Nossa Senhora Aparecida, no bairro Limeira Baixa. A festa aconteceu no domingo, 16, e mais de duas mil crianças foram presenteadas.

A organizadora da campanha, Simoni Back, conta que o evento recebe grande apoio dos familiares dos funcionários, da empresa e também dos fornecedores parceiros. “É uma ação nossa, dos colaboradores, que buscamos os recursos para a realização. Fazer o bem faz bem”, diz.

Para ela, o Natal é um momento de fazer “algo a mais”, ajudando quem precisa e mostrando a solidariedade da equipe de funcionários. Todos contribuem com a campanha financeira, que é o primeiro passo para a organização do evento. Na data da festa, são cerca de 100 colaboradores, junto de suas famílias, que participam da entrega dos presentes.

“Ver o sorriso das crianças… Não tem preço”, diz Simoni. “Muitas crianças não vão ter outro presente do Papai Noel, não vão ter outra festa neste Natal. Torço para que, nos próximos anos, tenhamos bastante força para dar continuidade à ação.”

Dentre todas as edições do evento, o de 2018 foi o maior até agora. De acordo com a organizadora, o bairro escolhido, a Limeira Baixa, é grande e tem muitas famílias de baixa renda. Lá, mais de duas mil crianças de zero a 12 anos foram atendidas e participaram da festa, que contou com recreação, brinquedos infláveis e lanches.

“É uma festa não só para as crianças, mas para as famílias da comunidade”, conta Simoni. Durante a tarde de brincadeiras, foram distribuídos lanches como pipoca, cachorro-quente e refrigerante para todos os presentes, que aguardavam ansiosos a chegada do Papai Noel.

Papai Noel chegou em carreata | Havan/Divulgação

“Ele chegou em uma grande carreata, distribuindo sorrisos, alegria e realizando sonhos”, resume a organizadora da ação. O bom velhinho levou também um brinquedo para cada uma das crianças, e houve sorteio de brindes entre as crianças presentes.

No ano passado, o Natal Feliz foi realizado no bairro Santa Luzia e atendeu mais de mil crianças.

“Nossa expectativa é muito grande, é um evento muito grande”, diz. Para que tudo dê certo, a organização conta com a colaboração da comunidade, que ajuda na divulgação e organização das atividades: “Normalmente a igreja ajuda, consegue voluntários para fazer os lanches e ajudar no local da festa. Não são apenas os funcionários da Havan, a comunidade também se envolve fortemente”, pontua Simoni.

Não é só para os pequenos
Não apenas as crianças foram presenteadas durante a ação. Antes de começar a festa na Limeira Baixa, a equipe de voluntários fez a entrega de presentes em três asilos: Lar Menino Deus, Casa Assistencial Cagere e Lar dos Idosos Lions Clube.

“Levamos presentes, guloseimas e kits com produtos de higiene pessoal e fraldas geriátricas”, explica a organizadora do evento. A visita às casas de idosos também faz parte da tradição do Natal Feliz: segundo Simoni, é sempre uma festa. “Eles ficam nos aguardando, vamos com Papais Noéis e um grupo de violeiros.”

As visitas começaram no começo da tarde, por volta das 14h, com carreatas até as instituições. Funcionários da Havan e seus familiares fizeram parte da ação.

Grupo de violeiros faz visita aos asilos | Havan/Divulgação

Você está lendo: Funcionários da Havan fazem campanha solidária na Limeira Baixa


Veja outros conteúdos do especial:

– Introdução
– Papais Noéis relembram os pedidos mais inusitados e emocionantes que receberam das crianças
– Artesanato é uma alternativa para a decoração natalina
– Morador de São João Batista faz a alegria do Natal e leva Papai Noel para as crianças da cidade
– Com peças que já tinham e produtos reciclados, casal fez a decoração natalina de casa
– Paróquias luteranas de Brusque organizam Café do Advento para angariar fundos para comunidade em São João Batista
– Loja de Brusque inova e utiliza bicicleta antiga na decoração natalina
– Moradora do Aymoré se surpreende ao saber que foi uma das vencedoras do concurso Natal Iluminado
– Para morador do Imigrantes, iluminação natalina é tradição de Guabiruba
– No Lageado Baixo, casa recebeu decoração natalina antes da mudança dos moradores
– Há 20 anos, Paulo Demarche abre as portas para visitação ao seu presépio

Deixe uma resposta