Funcionários da Prefeitura de Curitiba visitam Brusque para conhecer estações inteligentes

Representantes participaram de inauguração na Unifebe com vistas de levar a tenologia para a capital paranaense

Funcionários da Prefeitura de Curitiba visitam Brusque para conhecer estações inteligentes

Representantes participaram de inauguração na Unifebe com vistas de levar a tenologia para a capital paranaense

Cidade tida como modelo de mobilidade urbana e planejamento, Curitiba (PR) procurou Brusque para se informar sobre as estações inteligentes. O primeiro equipamento do tipo na América do Sul foi inaugurado na sexta-feira, 17, com a presença da comitiva alemã do distrito de Karlsruhe e de representantes da prefeitura paranaense.

Everton Mesquita, funcionário da Secretaria de Planejamento e Administração, diz que veio a Brusque “para conhecer a tecnologia, como mais uma possibilidade para Curitiba”.

A estação inteligente, uma espécie de poste tecnológico, reúne uma série de funcionalidades. Por exemplo, ela tem sinal de Wi-Fi, assim como sensores climáticos, que detectam a temperatura, vento e até mesmo dados da camada de ozônio.

Antônio Taboada, arquiteto do Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), também esteve em Brusque. Segundo o profissional, que trabalha na área de uso do solo, diz que as estações interessam, porém não foi feito nenhum contato oficial entre os municípios.

“Estamos vendo essa experiência para a modernização do parque de iluminação”, afirma o arquiteto e enviado de Curitiba.

O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, destacou, no seu discurso, a presença dos representantes da Prefeitura de Curitiba. O pioneirismo do Berço da Fiação também foi ressaltado no evento de inauguração da estação inteligente.

As estações fazem parte do projeto 50 Parcerias para o Clima, que envolve Brusque e o distrito de Karlsruhe.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio