Brusque é a primeira cidade da América a instalar estações inteligentes

Equipamentos fornecem internet, fazem monitoramento ambiental e carregam veículos elétricos

Brusque é a primeira cidade da América a instalar estações inteligentes

Equipamentos fornecem internet, fazem monitoramento ambiental e carregam veículos elétricos

Fruto de parceria com a Alemanha, foram instalados em Brusque três estações inteligentes, ou seja, postes que possuem iluminação, internet, sensores para monitoramento ambiental, temperatura e carregamento de veículos elétricos. A cidade é a primeira da América a implantar a tecnologia, que é referência em países da Europa.

As estações atuam como roteador de wi-fi, monitoram a qualidade do ar, a quantidade de poeira, de carbono, temperatura, umidade do ar, emissão sonora, além de possuir um botão de socorro ligado ao sistema da polícia. Os dados são gerados 24 horas por dia.

As estações foram implantadas em três pontos estratégicos: na praça Sesquicentenário e Barão de Schneeburg, e no Centro Universitário de Brusque (Unifebe). Na segunda-feira, 16, foi instalada a da praça em frente à prefeitura, e os outros dois foram implantados na semana passada.

As estações integram projeto realizado desde 2015 entre cidades do Brasil e o Distrito de Karlsruhe, na Alemanha – 50 Parcerias Municipais pelo Clima. O objetivo é o desenvolvimento sustentável das cidades.

O superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), Cristiano Olinger, que também é o coordenador do projeto, explica que os locais escolhidos são pontos de monitoramento de tráfego e circulação de pessoas.

“É um equipamento dinâmico, com muitas funcionalidades. Não é só um poste, mas uma estação que faz todo o monitoramento ambiental”, diz Olinger.

Segundo o superintendente, nesta semana ainda serão feitos mais testes e finalizados conexões com a internet. Também será criado até o dia 17 de novembro – data oficial da inauguração das estações- câmeras de monitoramento para tráfego, local para veículos elétricos realizarem carregamento e revitalização urbanística ao entorno.

Bicicletas elétricas
Até 2019, com a continuidade da parceria, a previsão é que sejam trocadas as iluminações públicas atuais por lâmpadas de LED, e que sejam disponibilizadas bicicletas elétricas para locação.

O investimento é de 322 mil euros (cerca de R$ 1,2 milhão), sendo que 90% dos recursos são oriundos da Engagement Global – órgão fomentador do projeto – e 10% da Prefeitura de Brusque.

“É uma conquista que nos orgulha muito. É um projeto de irmandade com os alemães que beneficia toda a comunidade. Brusque foi pioneira no setor têxtil, é referência em geração de energia no estado e agora é o primeiro município da América a ter estações inteligentes”, destaca Olinger.

Para a instalação, vieram da Alemanha dois profissionais do Parque de Iluminação da EnBW – terceira maior empresa de energia daquele país e responsável pela tecnologia das estações inteligentes. Em novembro vem a Brusque uma comitiva da Alemanha, que contará, inclusive, com o presidente do conselho distrital de Karlsruhe, Christoph Schnaudigel.

Funcionalidades das estações
Sensores para monitoramentos ambientais de:
Temperatura
Umidade
Luminosidade
Ozônio
CO2
Poeira
Emissão sonora
Pressão atmosférica
Tráfego
Botão SOS
Carregamento carro elétrico e bicicletas elétricas ou celulares

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio