Fundema realiza fiscalização em empresas

Fiscais visitaram tinturarias para verificar despejo de resíduos no rio Itajaí-Mirim

Fundema realiza fiscalização em empresas

Fiscais visitaram tinturarias para verificar despejo de resíduos no rio Itajaí-Mirim

A Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema) realizou uma vistoria em tinturarias na quinta-feira, 20, de madrugada, das 23h às 4h. O objetivo da ação foi verificar se o despejo de efluente no rio Itajaí-Mirim está sendo feito como determina a legislação ambiental.

O superintendente da Fundema, Diego Furtado, afirma que a fiscalização foi tranquila. Ele e outro fiscal da fundação visitaram dez das 30 empresas que operam na cidade e percorreram alguns trechos do rio para ver se havia resíduos químicos na água. No entanto, ele diz que nada fora do normal foi constatado e ninguém foi notificado ou autuado.

“Nós fazemos fiscalização por amostragem. Vamos até a estação e vemos se está funcionando a contento. Não tivemos nenhum problema de acesso às empresas, os trabalhadores já estão acostumados com a fiscalização noturna. Os tratamentos estão sendo feitos de forma correta. Ficamos muito satisfeitos com o que encontramos”, afirma o superintendente. A fiscalização de descarte irregular no Itajaí-Mirim é uma rotina repetida a cada semana ou a cada quinzena, diz Furtado.

Passado

Furtado diz que há algum tempo a Fundema não encontra irregularidades nestas vistorias feitas de madrugada. No entanto, em março do ano passado, a fundação fez junto com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar Ambiental uma vistoria em 24 estabelecimentos da cidade.

Quatro tinturarias foram flagradas despejando efluentes de forma irregular no rio. Elas foram multadas e passaram a responder processos administrativos na Fundema e foram encaminhadas ao Ministério Público para responder por crime ambiental.

Furtado diz que já estão planejadas outras fiscalizações do mesmo tipo para o futuro. “Nós notamos que houve uma evolução muito grande no tratamento de efluentes nos últimos tempos”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio