Futsal joga bem, mas larga com derrota diante de Caçador

Em um jogo muito disputado, brusquenses acabaram superadas por 4 a 2

Futsal joga bem, mas larga com derrota diante de Caçador

Em um jogo muito disputado, brusquenses acabaram superadas por 4 a 2

As meninas do futsal brusquense estrearam com derrota na primeira rodada do Jogos Abertos de Santa Catarina, disputado ontem, no ginásio do Sesi, em Blumenau. Em um clássico contra um desfalcado Caçador – que cedeu algumas de suas atletas para Itajaí- o time de Brusque fez uma boa partida, mas acabou derrotado por 4 a 2. 

A equipe brusquense começou pressionando o adversário. Teve boas chances de abrir o placar nas jogadas de ataque puxadas por Amandinha e nos sempre perigosos chutes de Nega. Apesar disso, o time adversário também chegava com perigo. As principais jogadas surgiam dos pés da habilidosa Cilene. Passado a metade da primeira etapa, Caçador cresceu no jogo e encurtou os espaços das brusquenses.

Durante o tempo técnico, o treinador Esquerda reclamou que as jogadoras estavam correndo muito atrás das adversárias. “Precisamos girar mais essa bola e chegar com qualidade ao ataque”, cobrou. Caçador continuou impondo um ritmo forte no retorno e conseguiu a vantagem. Depois de Cilene parar duas vezes em boas defesas de Marielle, a própria camisa 6 aproveitou um contra-golpe rápido, após bola roubada na intermediária, e abriu o marcador. 

Os cinco minutos finais da primeira etapa foram com poucas oportunidades. Em vantagem, Caçador controlava o jogo, enquanto Brusque tinha dificuldades em penetrar na defesa adversária. Esquerda não gostou do que viu. “Temos que melhorar bastante no segundo tempo”, resumiu. Ele pediu tranquilidade as atletas. O treinador observou que as jogadoras estavam dando espaços em alguns momentos e possibilitando o contra-golpe às adversárias.

Etapa final
O time brusquense voltou do intervalo disposto a buscar o empate e não demorou para chegar a igualdade. Após uma blitz no recomeço da partida, um chute forte da intermediária surpreendeu a goleira de Caçador e deu o empate as brusquenses. No entanto, quando parecia que o time buscaria a virada, a equipe foi surpreendida. 

Cerca de um minuto após balançar as redes, a arbitragem anotou pênalti de Marielle. Karine foi para a cobrança, a goleira brusquense chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol da equipe de Caçador.  As meninas de Brusque reagiram rápido e, em outro chute forte, cruzado, voltaram a igualar o placar na sequência.

O ritmo intenso deixou a partida bem movimentada, Brusque chegou a carimbar a trave adversária duas vezes e teve muito próximo de virar o placar. Na parada técnica, Esquerda pediu para que a equipe esperasse o momento certo para fazer a finalização. “Entramos no jogo agora”, observou. 

Apesar do ímpeto brusquense, Caçador também fazia um bom jogo e foi mais feliz nas finalizações. Próximo a metade da segunda etapa, a equipe caçadorense novamente voltou a ficar em vantagem. No desespero, Brusque foi para o tudo ou nada. Nega e Luísa assustaram em chutes de fora da da área. Lora chegou a dividir com a goleira adversária, mas não conseguiu a conclusão.

Nos minutos finais, o time brusquense optou pela goleiro-linha Luana. Sufocou o adversário em mais uma blitz no campo de ataque. Apesar disso, Caçador fazia uma boa marcação, e só possibilitava que as atletas de Brusque finalizassem de fora da área. A equipe foi premiada pelo bom posicionamento no fim da partida. Ainda houve tempo para o quarto gol, após uma bola roubada na defesa, a atleta caçadorense chutou por cima de Luana e deu números finais à partida.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio