Geração de energia elétrica em Brusque completa 100 anos

Aniversário do centenário da instalação da usina hidrelétrica será comemorado com almoço festivo em 23 de novembro

Geração de energia elétrica em Brusque completa 100 anos

Aniversário do centenário da instalação da usina hidrelétrica será comemorado com almoço festivo em 23 de novembro

Um almoço festivo marcará os 100 anos de instalação da primeira usina hidrelétrica e a geração de energia elétrica em Brusque. O evento ocorrerá em 23 de novembro, no restaurante do Pesque-pague Vicentini, em Guabiruba Sul. A programação foi organizada por uma comissão formada por descendentes de João Bauer. 

– Ele que foi o mentor da energia elétrica para a cidade – informa Mauro Bauer Moritz, membro da comissão.

A inauguração da usina hidrelétrica foi em 13 de novembro de 1913, em Guabiruba Sul, que na época ainda pertencia a Brusque. Nas comemorações do cinqüentenário do acontecimento, foi instalado um monumento a João Bauer, no recém-inaugurado parque Caixa d’Água, atual Parque Leopoldo Moritz, em 27 de maio de 1964. Atualmente, com a divisão do parque, o busto está em uma pequena praça, no pátio do Samae. 

Como o Samae fica fechado durante os fins de semana, não é possível a visitação ao monumento. “A intenção inicial era retirá-lo do local e trazer para a Praça Sesquicentenário. Mas, como soube que o parque passa por uma revitalização, a administração pública nos prometeu que restauraria esse monumento”, comenta Moritz. 

O chefe municipal de gabinete, Cedenir Alberto Simon garantiu que o busto será retirado do local onde está hoje e colocado em um lugar com mais visibilidade. 

– A prefeitura ficou com a função de dar uma maior valorização para esse monumento. Por isso, ele está incluso no projeto arquitetônico de revitalização do parque – confirma Simon.

Sobre a mudança para a praça Sesquicentenário, o chefe de gabinente diz que o local já conta com três monumentos. 

– Até mesmo porque o busto já está no parque e também, tem uma relação com o local e toda uma história – explica.

Segundo Simon, a meta da administração é finalizar a revitalização ainda este ano. – Mas não podemos precisar uma data ainda – salienta Simon. 

De acordo com Moritz, além de levar o monumento para um local mais visível, a comissão também pretende fazer um memorial. 

– Algo que chame a atenção. Temos partes do chafariz que estava na mansão de João Bauer e, queremos instalar perto do busto – complementa. 


Luz a Brusque

A inauguração da usina hidrelétrica de Guabiruba ocorreu em 13 de novembro de 1913. Mesmo dia em que João Bauer completava 64 anos de vida. A casa de máquinas tinha uma área de apenas 40 metros quadrado, onde ficavam as turbinas e geradores com 135 KWA cada um, em um total de 270 KWA. 

Os 14 quilômetros de fios tinham capacidade de transportar 5 mil volts até a estação distribuidora, construída no início da rua das Carreiras, atualemente a rua Hercílio Luz, no Centro de Brusque. Na vila, os postes de ferro foram levantados nas ruas: Barão de Ivinheima (Carlos Renaux), Carreiras (Hercílio Luz), Conselheiro Willerding (Rui Barbosa), Lauro Muller (parcial), Barão do Rio Branco (parcial) e 15 de Novembro.

Com a instalação da energia elétrica, possibilitou a modernização da produção têxtil e os trabalhos noturnos regulares. Porém, com o aumento do consumo, a usina enfrentou problemas no fornecimento da energia. Em 1921, Bauer recebeu proposta da Empresa Força e Luz Santa Catarina, com sede em Blumenau. A venda foi concretizada em 12 de agosto 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio