Gerente que estava desaparecido é visto em São Paulo

Polícia Civil investiga o que motivou Thiago Scherner da Silva a deixar Brusque sem dar notícias à família há uma semana

Gerente que estava desaparecido é visto em São Paulo

Polícia Civil investiga o que motivou Thiago Scherner da Silva a deixar Brusque sem dar notícias à família há uma semana

Thiago José Scherner da Silva, de 33 anos, que havia sumido na semana passada foi visto na segunda-feira, 22, utilizando um caixa eletrônico de uma agência bancária em São Paulo (SP). Segundo o delegado Alex Bonfim Reis, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque, a Polícia Civil continua investigando seu paradeiro e os motivos que levaram ele a ir para outro estado.
Ele era gerente do Shampoo Motel e na manhã de terça-feira, 16, ele saiu do trabalho de carro e não retornou para casa. Thiago é casado e tem uma filha de três anos. Ao perceber o sumiço do marido, sua esposa tentou contato por telefone, mas ele estava desligado e permanece assim desde a semana passada.
De acordo com Fabrício Gevaerd, advogado da família, ele era gerente do Shampoo Motel e tinha uma procuração da proprietária para administrar o estabelecimento, por isso, será feito um levantamento nas contas da empresa para investigar um possível desvio de dinheiro, mas a princípio, não há provas de que ele tenha cometido nenhum crime.

>> Confira a reportagem completa na edição desta quinta-feira, 25 de junho de 2015

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio