Ginastas brusquenses competem em Florianópolis

Trio de atletas disputa o Campeonato Estadual Infantil de Ginástica Olímpica

Ginastas brusquenses competem em Florianópolis

Trio de atletas disputa o Campeonato Estadual Infantil de Ginástica Olímpica

Para Beatriz Nunes Pereira, Maria Luiza Pruner e Natália de Jesus, o fim de semana vai exigir concentração e equilíbrio. As três atletas vão representar a Associação Brusquense de Ginástica Rítmica no Campeonato Estadual Infantil da modalidade. O evento será realizado em Florianópolis, no Instituto Estadual de Educação. As provas iniciam amanhã, mas as atletas competem apenas no sábado.

A principal esperança de boas conquistas para Brusque está nas mãos e nos pés de Beatriz. A jovem atleta botuveraense de 12 anos já tem experiência na modalidade. Desde os 9 anos, participa de competições nacionais. Em 2012, a ginasta impressionou os presentes no Circuito Caixa de Ginástica, em Sergipe, ao conquistar o ouro na categoria individual com o uso de arco. Beatriz também será a única atleta de Brusque a disputar na primeira divisão. As divisões são alcançadas conforme a pontuação da atleta nas competições oficiais.

Já para Maria Luiza e Natália de Jesus, ambas com 10 anos, o evento na capital do estado servirá como a primeira experiência na nova categoria. As atletas atingiram a idade para mudança de classe e , portanto, encontrarão mais dificuldade do que nos anos anteriores. “Elas vão para conhecer a competição e poderem entrar com mais confiança nos próximos eventos”, explica a treinadora Francielli Thomé.

A pressão por resultados para as pequenas ginastas é menor, mas para Francielli o objetivo é impressionar. “Queremos trazer bons resultados para a associação. Essa competição será bem disputada, com muitas atletas boas e que treinam há cinco anos”, explica.


Participação surpreende

O volume de participações aumentou este ano em comparação com anos anteriores. Na primeira divisão, competem com Beatriz cerca de 15 ginastas, enquanto 20 outras atletas disputam a segunda com Maria Luiza e Natália. “Estou surpresa com o número de equipes confirmadas. Este ano, estarão presentes cidades como Itapema, Camboriú e São José, que nunca disputavam o estadual antes”, afirma Francielli. Isso significa que a modalidade está em ascensão pelo estado, já que para participar das competições estaduais é necessária a formação de uma associação.

As três atletas disputarão as provas de arco, maça, bola e mãos livres. Se obtiverem bom desempenho nas apresentações de sábado, Beatriz, Maria Luiza e Natália continuam disputando no domingo. Do contrário, voltam para Brusque ainda no sábado.

Para que tudo fique dentro do planejado, as ginastas treinaram bastante. Desde março, na reapresentação da equipe, quatro dias por semana, quatro horas e meia por dia. O palco dos treinamentos da ABGR é a sede da Sociedade Esportiva Bandeirante. A equipe ainda conta com apoio do Master Shopping e da Fundação Municipal de Esportes de Brusque.

Base fortalecida

Além das atletas que hoje estão inseridas nas competições de rendimento, a ABGR realiza um trabalho de base com aspirantes à ginastas. Segundo o presidente da ABGR, Antônio de Azevedo, o Tonho Macaco, ainda há muito chão pela frente no trabalho com a ginástica. “As maiores forças da modalidade são Blumenau, Florianópolis e Joinville, mas estamos começando a ser reconhecidos em nível de estado”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio