Governo do estado define novo horário de atendimento para 2016

Funcionamento em dois turnos visa aumentar a capacidade de atender a demanda da população por serviços

Governo do estado define novo horário de atendimento para 2016

Funcionamento em dois turnos visa aumentar a capacidade de atender a demanda da população por serviços

O governo do estado, suas secretarias regionais e setoriais e demais órgãos, que hoje atendem o público somente à tarde, passam a atender em dois turnos, a partir de 2 de janeiro de 2016. A medida, que havia sido anunciada pelo governador Raimundo Colombo cerca de um mês atrás, foi definida no fim de outubro, em reunião na Secretaria de Estado da Casa Civil.

O secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, reuniu os secretários de Desenvolvimento Regional (SDR) do governo para repassar orientações sobre o novo horário de atendimento ao cidadão em 2016. Hoje, este atendimento é de seis horas diárias, somente no turno da tarde.

A partir do próximo ano, passará para sete. As informações sobre as mudanças foram apresentadas pelo diretor de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da Secretaria de Estado da Administração, Luiz Antônio Dacol.

Decreto regulamentará mudança

Decreto do governador Raimundo Colombo com detalhamento do horário de atendimento deve ser publicado nas próximas semanas. A princípio, as SDRs, que fazem atendimento direto ao cidadão, deverão abrir as portas ao público das 9h às 12h e das 14h às 18h.

“É importante ficar claro que não estamos alterando a jornada de trabalho dos servidores públicos que, salvo em alguns casos específicos da saúde e educação, é de 40 horas semanais para todas as categorias. O que estamos garantindo é que o cidadão tenha ampliação no horário de atendimento, com flexibilização nos turnos da manhã e da tarde”, ressalta o secretário Nelson Serpa.

Ewaldo Ristow Filho, secretário regional de Brusque, avalia que a questão econômica do país influenciou o governo a tomar essa decisão.
“Está ficando cada vez mais difícil para mais pessoas. Pessoas que hoje estão com crianças matriculadas em escola particular, vendo a situação difícil, passam a procurar a escola pública. Quem tem plano de saúde vai procurar o atendimento na saúde pública”, explica Ristow Filho. “Tudo requer uma maior demanda no governo, para melhorar esse atendimento o governo decidiu ampliar o horário”.

Segundo o secretário, outros órgãos ligados ao governo do estado, como a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), o Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) não sofrerão alteração de horário, pois estes já atuam em dois turnos.


Novo horário
9h às 12h e 14h às 19h
Segunda a sexta-feira

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio