Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Governo prejudica população com aumento desproporcional do preço dos combustíveis

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Governo prejudica população com aumento desproporcional do preço dos combustíveis

Página 3

Aumento dos combustíveis
Mal foi anunciado e o aumento dos impostos sobre os combustíveis já chegou ao consumidor final. Na sexta-feira, 21, a maior parte dos postos de Brusque já estava praticando preços entre R$ 3.50 e R$ 3,70 por litro da gasolina. Aliás, na quinta-feira houve uma procura grande por gasolina nos postos, em virtude do anúncio do governo, que gerou aumento médio de R$ 0,40 a R$ 0,50 no preço por litro pago pelo consumidor, que é sempre o maior penalizado.

Um governo desconexo
Ao elevar os impostos em plena crise política, o cambaleante governo Michel Temer conseguiu desagradar empresários e trabalhadores em geral. Desconexo da realidade, como tem sido o comportamento habitual dos últimos presidentes brasileiros, Temer justifica a crise econômica para elevar os impostos, na mesma semana em que distribui benesses do orçamento da União para emendas parlamentares, em troca de votos contra a denúncia contra ele que será votada na Câmara dos Deputados.


Empresários se manifestam
Na sexta-feira, o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) divulgou nota na qual avalia que a elevação de impostos anunciada pelo governo federal penaliza o setor produtivo e a sociedade e vai atrasar a retomada da recuperação econômica, uma vez que a atual carga tributária já está próxima de 33% do PIB – a mais elevada entre os países emergentes, além de prejudicar o enfrentamento do desemprego, que atinge 14 milhões de brasileiros.

Supérfluos
A nota do Cofem afirma que, em vez de novamente optar pela transferência do ônus do equilíbrio das contas públicas para o setor produtivo privado e para os contribuintes, o governo deveria cortar gastos supérfluos do setor público, avançar com as reformas, especialmente a previdenciária, a tributária e a política, e tomar medidas para reativar a atividade econômica e a geração de emprego.


Promotor de saída
O promotor de Justiça Alan Boettger, que veio para ser titular da 6ª Promotoria de Justiça de Brusque, criada no ano passado, está deixando o cargo. Ele foi removido para a 4ª Promotoria de Justiça de Itajaí, que ficou vago em decorrência da ida do promotor titular para Balneário Camboriú. Ainda não foi definido o seu substituto.

Inquérito civil
Em um de seus últimos despachos enquanto promotor em Brusque, ele determinou na semana passada a instauração de inquérito civil para apurar se houve a recuperação de área degradada na rua Ajantador, no bairro Limeira Alta, local em que ocorreu a supressão de vegetação e queimadas, em área considerada de preservação permanente.


Investigações negadas
O Ministério Público recusou, na semana passada, instaurar investigações sobre diversos temas, motivadas por representações feitas por cidadãos. Uma delas foi apresentada pela Associação dos Moradores do Bairro Dom Joaquim, solicitando providência quanto à conclusão da obra referente à continuidade da rua DJ03, conhecida como Beira Rio de Dom Joaquim.

Dentro do cronograma
Questionado pela 3ª Promotoria de Justiça, a Prefeitura de Brusque informou que a obra está dentro do cronograma e execução, mas que é necessária a reconstrução da ponte, com elaboração do projeto e lançamento do processo licitatório. Com isso, o MP entende não haver motivos, por ora, pra acionar a prefeitura, uma vez que não se pode dizer que existe omissão do poder público em relação à obra.


Terreno público
Outra representação indeferida solicitava ao promotor Daniel Westphal Taylor que investigasse as intenções da Recicle Catarinense de Resíduos em convencer a Prefeitura de Brusque a declarar de utilidade pública parte de um terreno no bairro Primeiro de Maio. O objetivo foi revelado em reportagem de O Município, já que a recicle pretende instalar, nesse local, caixas coletoras de resíduos. O denunciante pediu que se avaliasse possível favorecimento à empresa caso isso venha a se concretizar. Para o promotor, entretanto, a mera intenção de declaração de utilidade pública não é motivo de investigação.


Inscrições para o Fies
A lista de instituições e os cursos ofertados por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) poderá ser consultada a partir de hoje no site Fies Seleção. As inscrições para o segundo semestre de 2017 começam na amanhã e vão até sexta-feira, 28. No total, 75 mil novas vagas serão oferecidas aos estudantes que procuram financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31, quando também será aberta a lista de espera.

Regras atuais
Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio