Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Governos continuam com odiosos privilégios para comissionados

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Governos continuam com odiosos privilégios para comissionados

Tudo de novo 1

Raul Sartori

Revolta contida
Até quando o consumidor brasileiro – aquele que agora paga mais imposto sobre combustíveis, entre dezenas de outros – vai ficar calado diante de um governo, incluindo Executivo, Legislativo e Judiciário, federal e estadual – que não quer cortar gastos, incluindo odiosos privilégios para ocupantes de cargos e funções comissionados? Carro com motorista, residências funcionais e auxílio moradia para várias categorias, entre tantos outros, são um deboche intolerável.

Tudo de novo 1
Gente do andar de cima do PP de SC ficou aturdido com informação, aqui, de que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Silvio Dreveck, defende que o partido deve buscar alianças para a próxima eleição, em especial com os que tem afinidade ideológica, como PSD e o PSB. É um filme repetido de 2014, quando o então presidente do Legislativo, deputado Gelson Merísio (PSD) convenceu o deputado Joares Ponticelli a se candidatar ao Senado, à revelia do chefe-mor, Esperidião Amin. E deu no que deu. Na maioria do PP há a percepção de que apesar do teatro de hoje, no fim das contas o PSD de Raimundo Colombo não se afastará do PMDB, a quem o governador tem dívidas políticas.

Tudo de novo 2
No PP, aliás, se constata animosidades crescentes desde que Dreveck passou a fazer seguidas investidas no interior do Estado não na companhia de correligionários do seu partido, mas sim com Merísio, que é declaradamente pré-candidato a governador, tendo o atual presidente do Legislativo de vice.

Passarela
Quem passasse ontem de manhã pela sempre deslumbrante (em dias de sol) passarela de ciclistas e pedestres da avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis, podia encontrar, gravando alguma coisa interessante para se ver na TV, o simpático jornalista Lucas Mendes, que comanda o programa Manhattan Conecttion, da Globo News, e o famoso professor de educação física Márcio Atalla. Panos de fundo não faltam: Florianópolis é a capital onde a população mais faz exercícios físicos.

Desproporção
O governador Raimundo Colombo autorizou a realização de concurso público para ingresso no Corpo de Bombeiros Militar, com 300 vagas, das quais 282 para homens e apenas 18 para mulheres. É preciso uma lei para aumentar a participação feminina?

Personagem
Catarinense de Indaial, o líder religioso Inri Cristo, de 69 anos, que proclama ser a reencarnação de Jesus Cristo, foi um dos convidados do Luciana By Night, na Rede TV!, terça-feira. Instado a dizer o que pensa sobre pecado, disse que “é tudo o que se faz de mal a si mesmo ou ao outro”. Após classificar fofoca e traição virtual como pecado, amenizou quanto a mandar nudes: “Todos nós viemos nus ao mundo, então depende do que você faz com sua nudez”.

Sem-vergonha
O respeitado jornalista José Nêumanne assinou ontem no Estadão um artigo intitulado “A república dos sem-vergonha”, onde expressa o que o brasileiro decente mais teme, ou seja, que sob a égide de Temer, Lula e Cunha, o Congresso esteja fazendo de tudo para salvar a pele dos corruptos.

Greve evitada
Em mais uma negociação bem-sucedida, a Justiça do Trabalho de SC conseguiu evitar a greve dos trabalhadores no transporte de valores, marcada para hoje. Um acordo garantiu à categoria reajuste de 4,5% a partir de maio, percentual acima da inflação nos 12 meses anteriores (3,6%).

Tragédia
O IML de Criciúma registrou neste ano 47 mortes no trânsito até terça-feira, 25, dos quais 17 motociclistas. Em 2016, no mesmo período, foram 39, das quais 18 com moto. Uma tragédia que se repete em várias outras cidades e regiões de SC. Os motociclistas defendem suas eternas companheiras em qualquer situação, até como símbolo de liberdade e aventura, mas nem sempre cientes de que há regras a seguir.

Violência em casa
Pela passagem, ontem, do Dia Mundial dos Avós, o MP-SC informou que foram registrados 1.054 casos de denúncias de violência contra o idoso em 2016 em SC, de acordo com dados do Disque 100. Os tipos mais comuns são violência psicológica que pode ser em forma de xingamentos, humilhação, isolamento social, abandono pelos familiares e negligência nos cuidados mais básicos, como o fornecimento de alimentação e de higiene pessoal. Os dados também informam que 76% dos casos ocorrem na residência e são praticados pelos próprios filhos.

DETALHES
Triste a sina do povo carioca. Assustadores 83,8% responderam “sim” à pergunta “Você tem medo de ser atingido por uma bala perdida?” feita pelo Instituto Paraná Pesquisas a 2.028 fluminenses entre os dias 6 e 10 de julho.

O MST, munido de faixas, diz que as propriedades que invadiu esta semana são de corruptos. Aquele sítio de Atibaia não está entre os próximos alvos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio