Grêmio espanta ressaca pós-mundial; Nenê garante vitória do São Paulo

Tricolor gaúcho vira sobre o Brasil de Pelotas na Arena; São Paulo chega a 10 pontos no Grupo B

Grêmio espanta ressaca pós-mundial; Nenê garante vitória do São Paulo

Tricolor gaúcho vira sobre o Brasil de Pelotas na Arena; São Paulo chega a 10 pontos no Grupo B

O Grêmio venceu sua primeira partida oficial em 2018 ao virar contra o Brasil de Pelotas e deixar o placar em 2 a 1, pelo Campeonato Gaúcho. Após gol de Robério, aos 39 do primeiro tempo, Alisson e Luan marcaram para o tricolor e garantiram os três pontos. Faltando cinco rodadas para o fim da primeira fase da competição, o Grêmio ainda possui chances matemáticas de classificação para as quartas-de-final.

O placar foi aberto pelo Xavante, vice-líder do Gauchão. Após cruzamento de Toty, Robério antecipou Geromel e completou pro gol. A bola ainda bateu no travessão.

A virada gremista começou no segundo tempo. Aos seis minutos, após troca de passes rápida na intermediária, Alisson chutou de fora da área. A bola quicou na frente do goleiro Marcelo Pittol, que ficou vencido no lance.

Aos 17 da etapa complementar, Everton cruza da linha de fundo e conta com uma furada da zaga do Brasil de Pelotas para Luan dominar com tranquilidade e marcar o segundo gol tricolor.

Com o resultado, o Grêmio fica com seis jogos disputados e deixa a lanterna da competição, com quatro pontos. o Novo Hamburgo, novo lanterna com cinco partidas disputadas, joga apenas na próxima quarta-feira, 14, contra o Cruzeiro-RS.


Nenê marca e São Paulo conquista terceira vitória no Paulista
O São Paulo venceu o Bragantino no Morumbi por 1 a 0 e chegou a 10 pontos no Grupo B do Campeonato Paulista, com três de vantagem sobre a Ponte Preta, que tem um jogo a menos e enfrenta o Novorizontino neste sábado, 10.

Nenê, novo reforço são-paulino, abriu o placar. Após belo passe de Diego Souza aos quatro do primeiro tempo, Nenê foi derrubado na área. Pênalti, bem cobrado pelo camisa 7, no canto esquerdo do goleiro Alex Alves.

Sem uma atuação exuberante, mas conseguindo administrar a vantagem e a posse de bola, o São Paulo só passou por real perigo aos 25 do segundo tempo. Matheus Peixoto subiu sozinho para cabecear após um cruzamento, mas Sidão fez grande defesa. Após o apito final, o tricolor paulista foi vaiado por mais uma atuação que não convenceu o torcedor.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio