Grêmio perde, mas está classificado para a final da Libertadores

Derrota por 1 a 0 beneficiou o Grêmio que havia vencido Barcelona (EQU) fora de casa por 3 a 0

Grêmio perde, mas está classificado para a final da Libertadores

Derrota por 1 a 0 beneficiou o Grêmio que havia vencido Barcelona (EQU) fora de casa por 3 a 0

O Grêmio chegou a levar sustos com o Barcelona (EQU) em casa, principalmente depois do gol de Jonatan Álvez, mas não passou de um suspiro final dos equatorianos. Após perder por 1 a 0, o tricolor está na grande final da Copa Libertadores da América – o time gaúcho havia vencido o primeiro confronto por 3 a 0, em Guayaquil.

Agora o tricolor disputa a grande decisão da competição continental com o Lanús (ARG), que eliminou o River Plate (ARG) na última terça-feira, 1, ao vencer pelo placar de 4 a 2. O primeiro jogo será no dia 22 de novembro, na Arena do Grêmio, e a decisão será no dia 29 de novembro, na Argentina.

Começo perigoso
A vantagem era boa, mas o Grêmio não poderia deixar o adversário crescer no jogo. Foi isso que o time tentou desde o começo da partida. Nos instantes iniciais do primeiro tempo, o tricolor dominou o jogo e inclusive se arriscou no ataque, tentando marcar um gol que seria o fim das esperanças para os equatorianos.

Mas deixaram o Barcelona chegar. Aos 32 minutos, linda jogada de Caicedo, que passou por três e bateu cruzado, Kannemann desviou no meio do caminho mas Jonatan Álvez aproveitou o rebote e meteu para as redes. A torcida gremista, até então confiante, começou a se preocupar com a apresentação da equipe.

Minutos depois, Cícero perdeu um gol inacreditável. Fernandinho fez tudo certo, correu pela direita e cruzou bonito, Cícero chegou por inteiro e livre na bola mas pifou na hora da cabeçada, jogando ela para fora. Fim de primeiro tempo: 1 a 0 Barcelona. E certo desconforto nas arquibancadas.

Dos sustos à confirmação
O torcedor gremista, presente em peso na Arena, passou por uma avalanche de emoções no segundo tempo. Aos 10 minutos, Esterilla dominou de frente para o gol e arriscou o chute. A bola bateu na trave e arrancou suspiros das arquibancadas.

Mas daí pra frente o Grêmio soube se postar na partida. O próprio tricolor acertou uma bola na trave aos 32 minutos, na cabeçada de Jael. Administrando a bola e esfriando a partida, os donos da casa deixaram poucas oportunidades ao adversário que precisava marcar ainda mais dois gols para ir aos pênaltis. Nada feito! Final de partida: Grêmio 0x1 Barcelona.

O Grêmio chegou a levar sustos com o Barcelona (EQU) em casa, principalmente depois do gol de Jonatan Álvez, mas não passou de um suspiro final dos equatorianos. Após perder
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio