Grupos de gestantes participam de oficina “Educação ambiental vem de berço”

O objetivo da ação foi passar o conceito de educação ambiental às futuras mamães, que poderão educar seus filhos desde muito cedo

Grupos de gestantes participam de oficina “Educação ambiental vem de berço”

O objetivo da ação foi passar o conceito de educação ambiental às futuras mamães, que poderão educar seus filhos desde muito cedo

Na última semana, a Fundação Municipal do Meio Ambiente em parceria com o Parque Zoobotânico e o Sesc, realizaram uma oficina sobre o tema “Educação ambiental vem de berço” com os grupos de gestantes das Unidades Básicas de Saúde dos bairros Cedrinho, Águas Claras e Paquetá. O objetivo da ação foi passar o conceito de educação ambiental às futuras mamães, que poderão educar seus filhos desde muito cedo.

Para atender à proposta, a equipe de biólogos da Fundema transmitiu informações sobre bons exemplos que podem ser adotados nas práticas relacionadas ao meio ambiente, como economizar água, evitar o consumismo, dar preferência a alimentos saudáveis, entre outros. A bióloga Pâmela Felipim conta que é importante que os pais mudem seus costumes, pois uma das formas de aprendizagem das crianças é através da imitação.

Após a palestra inicial, as gestantes fizeram um lanche saudável e se prepararam com alongamentos que foram demonstrados por educadores físicos do Núcleo de Apoio à Saúde da Família e que podem facilmente ser realizados em casa, a qualquer momento. Logo após foi feita uma caminhada orientada no Parque Zoobotânico. Durante a caminhada, as explicações dadas pelos técnicos do Zoo foram voltadas à reprodução e gestação dos animais, com curiosidades e similaridades ao ser humano.

Para complementar o trabalho, a técnica de atividade de saúde do Sesc, Geisa Carla Franceschini, conversou com as gestantes sobre mitos e verdades relacionadas a alimentação. Para a técnica de enfermagem Juliana Pering, que acompanhou as gestantes, por meio da atividade foi possível perceber que é preciso ter o meio ambiente equilibrado e com as informações adquiridas as pessoas poderão tornar-se mais conscientes.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio