Guabiruba fará empréstimo de R$ 16 milhões para obras de infraestrutura

Objetivo é a reurbanização de vias e preparação para o transporte público

Guabiruba fará empréstimo de R$ 16 milhões para obras de infraestrutura

Objetivo é a reurbanização de vias e preparação para o transporte público

A Câmara de Vereadores de Guabiruba autorizou que o município realize um empréstimo no valor de R$ 16 milhões para pavimentação e melhoria das vias. As verbas viriam dos programas Avançar Cidades e do BNDES. A expectativa da prefeitura é ter os recursos aprovados ainda neste ano ou no início de 2019.

Por meio do Avançar Cidades, programa do Ministério das Cidades, a prefeitura de Guabiruba pretende realizar obras nas ruas José Fischer, Alfredo Fuckner, Cristina Fuckner, Alberto Gums e Expedicionario Arnoldo Baron. O valor do empréstimo é de R$ 7 milhões.

Os outros nove milhões, originários do BNDES, serão destinados à reurbanização das ruas Guabiruba Sul, no bairro de mesmo nome, e Prefeito Carlos Boos, no bairro Aymoré.

“O empréstimo já foi pré-aprovado pela Câmara de Vereadores, o que é muito importante, e estamos na expectativa pelo financiamento, que depende da aprovação dos projetos”, afirma o prefeito de Guabiruba, Matias Kohler, que pretende ter os recursos aprovados ainda este ano ou no início de 2019.

Os valores dos empréstimos estão dentro da previsão orçamentária do município, de acordo com o prefeito. Ele explica que o valor proveniente do Avançar Cidades é um empréstimo com quatro anos de carência e 20 anos de pagamento, enquanto a operação com o BNDES possui quatro anos de carência e um prazo de dez anos para quitação da dívida.

“Está perfeitamente enquadrado dentro das possibilidades de endividamento do município e temos perspectiva de pagamento”, pontua Kohler.

Necessidade de manutenção
As ruas Guabiruba Sul e Prefeito Carlos Boos, segundo Kohler, são vias cujo asfalto está deteriorado e geram alto custo ao município para a manutenção.

O prefeito Matias Kohler explica que as obras de pavimentação na região do Lageado Baixo serão corredores de transporte coletivo, que a prefeitura pretende implantar no município. “Estamos buscando essa preparação para o transporte público, o que vai impactar no valor da tarifa, que será menor por conta de uma via bem conservada.”

“Esse é um projeto buscando a implantação do transporte coletivo e da mobilidade urbana”, finaliza o prefeito.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio