Guabiruba tem propaganda eleitoral no rádio pela primeira vez na história

Justiça Eleitoral já divulgou o tempo do horário político de cada partido na região

Guabiruba tem propaganda eleitoral no rádio pela primeira vez na história

Justiça Eleitoral já divulgou o tempo do horário político de cada partido na região

Pela primeira vez desde a emancipação, Guabiruba tem horário eleitoral no rádio em uma eleição. A propaganda política está sendo veiculada na rádio Guabiruba FM deste sexta-feira, 26. A introdução deste novo meio de comunicação e o tempo menor até o pleito mudarão a campanha no município, avaliam representantes das coligações.

Na semana passada, a Justiça Eleitoral de Brusque fez uma reunião com os representantes dos partidos políticos dos municípios da região para tratar da propaganda em rádio e TV. O tempo de cada coligação foi calculado e comunicado oficialmente, e a ordem de veiculação dos programas foi sorteada.

Em Guabiruba, a coligação do PT com o PP, que tem como candidatos Matias Kohler (PP) como prefeito e Valmir Zirke (PP), terá o maior tempo: 4min42s. Em seguida, vem a coligação PMDB e DEM, de Orides Kormann e Nilton Kohler, com 3min59s. Osmar Vicentini e Jorge Ponchirolli, ambos do PRB, que se coligou com o PEN, terá um 1min18s.

Este é o tempo que cada partido terá durante a propaganda eleitoral gratuita diariamente, somente para a majoritária. Eles também falarão em spots ao longo do dia. Já os vereadores não terão mais espaço no bloco fixo, eles pedirão votos em inserções de 30 ou 60 segundos durante todo o dia, em separado.

Candidato à reeleição, Matias Kohler avalia que o rádio terá impacto na eleição porque o tempo de campanha foi reduzido. Era de 90 dias, mas com a minirreforma política foi cortado pela metade, 45 dias. Com menos tempo, os postulantes à cadeira de prefeito terão de se desdobrar para apresentar as suas propostas.

Romildo Kormann, um dos coordenadores da chapa do PP, diz que os partidos irão investir na propaganda no rádio, entretanto, boa parte do trabalho será voluntário, sem custos.

Vicentini foi o último a oficializar a sua campanha e terá tempo menor. “Na minha campanha, o rádio será o melhor jeito de chegar às casas”, diz o candidato. Ele afirma que em 45 dias é muito difícil conseguir visitar todos os cantos do município, por isso o rádio ganha importância.

Orides Kormann diz que o rádio é muito importante. “Tudo que podemos transmitir ao eleitor é muito importante”, diz. A coligação já está gravando campanhas e vinhetas de candidatos.

Pulverização em Brusque

Em Brusque, a divisão de tempo ficou mais pulverizada porque são sete candidaturas. Largam na frente as chapas de Ciro Roza (PSB) e de José Luiz Cunha, o Bóca (PP), com 2min15s e 2min14s, respectivamente.

Quem menos terá tempo para explicar a sua proposta para a cidade será Chico Cordeiro, do PSOL. Ele poderá falar por 16 segundos durante o horário eleitoral. Além deste tempo, existem, ainda, as inserções distribuídas ao longo da programação (detalhes no gráfico). A propaganda eleitoral de Brusque será transmitida pelas quatro rádios da cidade.

PROPAGANDAS 01PROPAGANDAS 02

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio