Em 2008, antes das cervejas artesanais caírem no gosto popular na região, o fisioterapeuta Cledson Kormann iniciou sua imersão neste mundo. A ideia inicial não era a fabricação de cerveja, mas de vinho. Estudando sobre o vinho, porém, ele caiu na área das cervejas artesanais, gostou e começou a fazê-las para experimentar.

Naquela época, ele não imaginava que a iniciativa despretensiosa, como um passatempo, se tornaria um negócio de sucesso em Guabiruba anos depois: o Gurmàn Selective Pub.

O pub iniciou com uma confraria em um espaço nos fundos da casa da mãe de Kormann, onde ele fabricava as cervejas. “Começamos a cozinhar entre amigos e beber a cerveja feita por mim”, diz.

O sucesso da bebida entre os amigos fez com que Kormann ministrasse alguns cursos sobre o tema, já que o interesse pela cerveja artesanal começou a crescer em Guabiruba e região. Paralelo a isso, a confraria continuou com as tradicionais reuniões às quintas-feiras, recebendo um público restrito, em um ambiente alternativo.

O evento Texas Day gerou uma grife que é vendida na Texas Store, dentro do Gurmàn | Foto: Bárbara Sales

Aos poucos, a fama da qualidade da bebida e o ambiente do Gurmàn se espalharam pela região e a produção de cerveja ficou cada vez maior. Neste meio tempo, Eduardo Maurici – que produzia a bebida com Kormann – montou uma cervejaria em Itapema e, com isso, foi possível terceirizar a produção do pub.

“Isso viabilizou a abertura oficial como um negócio, como uma cervejaria cigana – aquelas que terceirizam suas produções em outras plantas de cervejaria. Foi a partir de 2015 que nos adequamos a toda legislação e o Gurmàn surgiu oficialmente”, conta.

Hoje, quase três anos depois, o pub guabirubense recebe um grande público nas noites de quinta-feira e aos sábados, com música ao vivo. O espaço, que antes era bastante restrito, foi ampliado e conta com deck e estacionamento próprio.

“Antes, o nosso público era predominantemente masculino. Hoje, é bastante variado com uma grande presença das mulheres que também apreciam cerveja artesanal.”

Atualmente, o Gurmàn oferece quatro tipos de cervejas: Pilsen, Viena, Wiezen e IPA Americana. Já o cardápio é focado na gastronomia texana, com seis opções. “Além do burguer tradicional, temos o de cordeiro, o pulled pork, o sanduíche americano com pernil desfiado e defumado, o Philly Cheessesteak, costeletas suínas com barbecue e fritas.”

O pub também faz delivery de chope para festas. “Se a pessoa vem até aqui provar um estilo, gosta e quer levar para sua festa. Nós fazemos o serviço de entrega que é um dos nossos diferenciais.”

Eventos segmentados
Além de abrir toda quinta-feira à noite e aos sábados, o pub realiza eventos segmentados como o Biergarten in Frühling, em parceria com a Associação Visite Guabiruba (Avigua), que é uma espécie de abertura para as festas de outubro e uma comemoração pela chegada da primavera.

Mas o evento que vem se destacando e atraindo cada vez mais público é o Texas Day, um dia exclusivo com a temática country americana. “Já tivemos uma edição este ano que foi um sucesso e teremos pelo menos mais uma ao longo do ano.”

O Texas Day, inclusive, gerou uma grife que é vendida na Texas Store, dentro do pub. “Vendemos souvenirs, bonés, tudo relacionado com a cultura do country rock americano, principalmente bonés, camisetas, acessórios para barbecue, tábuas, facas, garfos, decoração, tudo com temática texana.”

Expansão
O sucesso do Gurmàn em Guabiruba já gera planos de, no futuro, o pub se expandir para outras cidades. “Existem ideias de criar novas unidades, mas a princípio é só plano. O mercado está instável, muitos bares especializados em cervejas estão abrindo Brasil afora, mas fico contente que pessoas que vêm de fora gostam do nosso serviço. Estamos no caminho certo”, diz. “Vamos crescer um pouco mais aqui para conseguir ir para outros lugares”, completa.

Kormann também planeja abrir por um período às sextas-feiras para o público poder abastecer seus growles – recipientes retornáveis – com chope. “Isso é muito comum no sábado, inclusive, começamos a abrir no sábado como um Gorwler Day e deu muito certo, por isso, já estudamos fazer o mesmo com a sexta-feira.”

“Foi tudo muito despretensioso, não se tinha uma ideia muito grande da onde a coisa iria chegar, as ideias vão surgindo, tentamos colocar em prática e vamos vendo a receptividade do pessoal. Até o momento, foram apostas bem sucedidas”, finaliza.

Deixe uma resposta