Templo no Centro é o principal símbolo dos luteranos em Brusque. Igreja foi inaugurada em 1895 | Foto: Marcelo Reis

A história luterana em Brusque inicia em 4 de agosto de 1860. Foi nesse dia que os primeiros imigrantes chegaram à região. Vindos de Schleswig-Holstein, Birkenfeld (Oldenburg) e Baden, no Norte da Alemanha, Augusto Hoefelmann, Frederico Guilherme Neuhaus, Frederico Orthmann, Daniel Walther e Luiz Richter foram os primeiros luteranos a chegarem aqui.

Na região do Bateas, foi construída a primeira casa de oração luterana do município e o serviço religioso era praticado pelos colonos, que trouxeram na bagagem suas Bíblias, seus Hinários e o Catecismo Menor. Nos primeiros anos, os serviços religiosos como batizados e casamentos eram realizados pelo pastor Oswaldo Hasse, de Blumenau.

Entretanto, com o passar dos anos, o número de luteranos em Brusque foi crescendo devido à chegada de novos imigrantes e, por isso, era necessária a presença constante de um pastor na cidade.

Em 17 de abril de 1863, a Comunidade Evangélica de Brusque foi fundada oficialmente e, por isso, o pastor Hasse passou a fazer visitas periódicas a cada três meses. Após muitos pedidos dos fiéis, em fevereiro de 1865, Brusque ganhou seu primeiro pastor luterano: Johann Anton Heinrich Sandreczki. Em novembro deste mesmo ano, a comunidade brusquense se reuniu com o pastor para iniciar o projeto de construção de um templo luterano na colônia.

Nasce o primeiro templo luterano em Brusque

O pastor Edélcio Tetzner, da paróquia Bom Pastor, destaca que nos primeiros anos, os luteranos se reuniam em uma pequena casa coberta por folhas de palmitos, paredes de barro, sem assoalho e sem janelas, no Bateas.

Pastor Sandreczki, então, iniciou as tratativas para a construção do primeiro templo. Em 1866, ele reivindicou um lote de terra do Governo Imperial para construir o templo e a casa paroquial na sede da colônia. A construção deste templo, uma pequena capela, foi iniciada em 1869 e inaugurada em 1872, e recebeu uma pequena verba do Governo Imperial.

Ampliação da igreja luterana do Centro, na década de 40 | Foto: Jaqueline Kuhn/Curto Fotos Antigas de Brusque

Com a transferência de pastor Sandreczki a Blumenau, em 1880, a comunidade luterana de Brusque ficou sem pastor residente. Durante 10 anos, Sandreczki vinha mensalmente de Blumenau a Brusque. Somente em maio de 1890 que Brusque recebeu o seu segundo pastor residente: Julius von Czecus, que permaneceu até 1896.

Foi neste período que a bela igreja no topo da colina, no Centro da cidade – um dos cartões postais de Brusque – foi inaugurada, e ali permanece até hoje. O templo teve o lançamento da sua pedra fundamental em 3 de maio de 1894 e sua inauguração aconteceu no dia 6 de janeiro de 1895.

“A igreja é testemunha de todo o desenvolvimento da cidade nos últimos 100 anos. A igreja acontece com a cidade, o templo do Centro é o terceiro edifício mais antigo ainda em pé em Brusque”, destaca o pastor Claudio Schefer, da Paróquia Bom Pastor, formada pela comunidade Centro e também pelo ponto de pregação da Rua Nova Trento.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980