Homem alega que efeito de medicamentos o fez furtar celular em hotel

Crime ocorreu na noite de sábado, no Centro de Brusque; acusado foi autuado em flagrante

Homem alega que efeito de medicamentos o fez furtar celular em hotel

Crime ocorreu na noite de sábado, no Centro de Brusque; acusado foi autuado em flagrante

Maicon Carminati, 29 anos, foi preso em flagrante por furto de celular, na noite de sábado, 15, em Brusque. O dono do aparelho relatou para a polícia que trabalha como recepcionista em um hotel, na avenida Cônsul Carlos Renaux, no Centro, e por volta das 19h20 percebeu que o celular iPhone 4S havia sido furtado.

O homem então começou a procurar pelo criminoso, até que conversou com outra pessoa que relatou que um home havia tentado furtar um cartão de memória em uma loja ao lado do hotel. Em seguida, a vítima contou para uns amigos dos dois ocorridos e soube que o autor estava na Praça da Cidadania.

Como estava em horário de trabalho, o homem pediu aos amigos que fossem até a praça procurar pelo criminoso. Foi então que os amigos dele encontraram Carminati e ao realizarem uma revista nele, encontraram no bolso da calça o aparelho.

Os amigos da vítima o levaram até o hotel, onde o homem reconheceu o celular e chamou a Polícia Militar, que conduziu Carminati à Delegacia de Polícia Civil.

Na delegacia, o acusado confirmou o crime e não soube informar os motivos que o levaram a cometê-lo. Entretanto, ele contou que havia tomado vários comprimidos de medicação tarja preta, o que o deixou “muito louco”.

Ele foi autuado em flagrante pelo crime de furto e encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio