Homem é condenado a 20 anos de prisão por assassinar companheira

Vanderlei Pedroso Pereira foi acusado de matar a companheira com golpes de faca em 2013

Homem é condenado a 20 anos de prisão por assassinar companheira

Vanderlei Pedroso Pereira foi acusado de matar a companheira com golpes de faca em 2013

Vanderlei Pedroso Pereira foi condenado na sexta-feira, 19, a 20 anos de prisão em regime fechado pelo crime de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Na noite do dia 2 de janeiro de 2013, ele atingiu Marlete Oneda, sua companheira na época, com golpes de faca na região do tórax e na cervical. Durante o julgamento, o acusado negou que o crime foi cometido por ciúme.

Ele alega que na noite dos fatos, ele e Marlete discutiram, ela o ameaçou com uma faca e quando foi golpeá-lo, ele tirou a arma da mão dela e a atingiu duas vezes. Em seguida, ele pegou a companheira no colo, levou ao quarto, mas ela já estava sem pulso. Ele afirmou ainda que a discussão só aconteceu porque Marlete tinha um amante que mandou mensagens para o celular da vítima momentos antes do crime acontecer.

Depois de esfaquear a companheira, ele foi para o Paraná e um ano depois se entregou na cidade de Abelardo Luz, no Oeste catarinense, e posteriormente veio para Brusque, onde foi preso na Unidade Prisional Avançada (UPA). Pereira já havia sido acusado de tentativa de homicídio anteriormente contra outra mulher, que também era sua companheira, e foi condenado a quatro anos de prisão. O julgamento aconteceu na sexta-feira, 19, no Fórum da comarca de Brusque e foi conduzido pelo juiz da Vara Criminal, Edemar Leopoldo Schlösser.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio