Homem é detido por vizinhos após tentar furtar pássaros em viveiro, no Rio Branco

Ele foi autuado em flagrante por tentativa de furto e não teve direito a pagamento de fiança

Homem é detido por vizinhos após tentar furtar pássaros em viveiro, no Rio Branco

Ele foi autuado em flagrante por tentativa de furto e não teve direito a pagamento de fiança

Um homem de 27 anos foi autuado em flagrante após ser flagrado em uma residência, na rua RB 004, bairro Rio Branco, tentando furtar pássaros em um viveiro. O fato ocorreu por volta de 0h17 desta segunda-feira, 11, e o autor foi detido pelos proprietários da residência.

O filho do dono do imóvel, de 27 anos, relatou que estava acordado em seu quarto quando ouviu barulho de cachorro no quintal e quando olhou pela janela visualizou um indivíduo de camiseta verde, dentro da sua garagem. Ele acordou seu pai que estava em outro quarto e juntos saíram para o quintal onde encontraram um vizinho que é “conhecido de vista”, parado diante do viveiro dos pássaros.

Dentro do viveiro trancado com cadeado e cercado por telas ficam as gaiolas com pássaros. O vizinho, que tinha rompido a tela com um alicate e estava com uma pequena caixa para colocar os pássaros, não reagiu à abordagem e ficou detido até a chegada da Polícia Militar que fez a condução do acusado para a delegacia de Polícia.

O autor da tentativa do furto alegou aos policiais que estava atrás de seu cachorro que havia fugido e estava dentro do viveiro. Pelo buraco aberto na tela do viveiro era possível passar uma pessoa.

Diante dos fatos, o delegado plantonista, Ricardo Marcelo Casarolli, autuou-o por furto na forma tentada e como houve rompimento da tela (obstáculo), passou a ser qualificado, ultrapassando a pena mínima de quatro anos que impede que seja arbitrada a fiança nesse estágio do processo. Casarolli acredita que é possível, diante das circunstâncias, que o juiz plantonista possa deliberar por uma medida cautelar diversa da prisão preventiva.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio