Homem é detido tentando vender carro furtado e adulterado

De acordo com a polícia, Antônio Wilker de Souza, 26 anos, já era investigado por tentativa de homicídio

Homem é detido tentando vender carro furtado e adulterado

De acordo com a polícia, Antônio Wilker de Souza, 26 anos, já era investigado por tentativa de homicídio

Antônio Wilker de Souza, 26 anos, foi preso com um carro adulterado – Crédito: Divulgação

As polícias Civil e Militar prenderam na tarde desta sexta-feira, 23
de novembro, Antônio Wilker de Souza, 26 nos, sob a suspeita de tentar vender
um veículo adulterado.

 

De acordo com o delegado a Divisão de Investigações Criminas (DIC),
Alex Bomfim Reis, Antônio já vinha sendo investigado por uma tentativa de
homicídio ocorrida em outubro, na época das eleições.

 

Dando prosseguimento às investigações, na manhã de hoje a polícia
chegou à informações de onde ele morava, e também de que ele estaria com um veículo
adulterado. Antônio no Loteamento Sesquicentenário, onde reside, segundo a
polícia, com o veículo Kia/Soul, placas MHN 3764, de Balneário Camboriú. Dentro
do veículo havia uma pistola, calibre 380, que segundo o delegado está
adulterada.

 

Também foram conduzidas para a delegacia outras duas pessoas, que de
acordo com Reis iriam comprar o veículo que estava com Antônio. Com eles foram
apreendidos R$ 11 mil. Um segundo veículo também foi conduzido à delegacia. O
envolvimento das duas pessoas e a situação do segundo carro será averiguada
pela polícia.

 

Depois da prisão, a polícia constatou que o veículo apresentava
registro de furto em Joinville e placas de outro carro, de Balneário Camboriú.
Segundo o delegado, a proprietária do verdadeiro carro, que mora na cidade
litorânea, já havia registrado a informação de que estaria recebendo várias
multas de seu veículo em Brusque, sem ter estado na cidade.

 

Antônio deve responder pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de
uso restrito, receptação e possivelmente por uso de documento adulterado, já
que foi encontrado dentro do veículo um documento cuja procedência será
investigada, Além da tentativa de homicídio. Após os procedimentos na delegacia
le deve ser encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque. 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio