Homem é encontrado morto dentro de casa toda revirada e com móveis quebrados

Ticiano Bahia de Assis, 28 anos, era usuário de drogas, segundo a esposa

  • Por Levi de Oliveira
  • 17:02
  • Atualizado às 8:26

Homem é encontrado morto dentro de casa toda revirada e com móveis quebrados

Ticiano Bahia de Assis, 28 anos, era usuário de drogas, segundo a esposa

  • Por Levi de Oliveira
  • 17:02
  • Atualizado às 8:26
  • +A-A

Na tarde deste sábado, 12, por volta das 14h, um homem foi encontrado morto dentro de sua residência, na rua Manoel Raimundo, bairro Batêas, em Brusque. Próximo à vítima, identificada como sendo Ticiano Bahia de Assis, 28 anos, tinha muito sangue e a residência estava toda revirada e com os móveis quebrados.

O Corpo de Bombeiros foi acionado inicialmente e comprovou o óbito, acionando posteriormente a Polícia Militar e o Instituto Geral de Perícias (IGP). Segundo informações colhidas pela polícia no local, Assis era casado, mas estava se separando da esposa que optou em voltar para a casa dos pais.

A mulher de Assis foi quem o encontrou caído, de bruços, já sem vida. Ela relatou que ele era usuário de drogas e pode ter ocorrido uma briga no interior do imóvel, tendo em vista os estragos causados. Vizinhos ouviram na noite de sexta-feira, 11, barulhos no interior da residência que indicavam uma briga e também perceberam a voz de uma mulher.

O IGP não informou as causas da morte, mas disseram apenas que uma perícia médica pode apontar as causas da morte. Entre os materiais coletados pela perícia estão medicamentos controlados que a vítima ingeria.

A esposa, que dormiu na casa dos pais após mais uma briga, afirmou que não deixava Assis com dinheiro para evitar que ele consumisse droga. No entanto, nesta sexta-feira ele teria pedido dinheiro emprestado a um vizinho e pode ter adquirido cocaína.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Brusque e após passar pelo médico perito deve ser liberado para o sepultamento. A família do rapaz reside toda na Bahia. O caso deverá ser investigado também pela Polícia Civil.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio