Homem fica sob mira de revólver por seis horas

Vítima teve que dirigir para os bandidos até Gaspar

Homem fica sob mira de revólver por seis horas

Vítima teve que dirigir para os bandidos até Gaspar

Um homem de 40 anos foi roubado e ficou sob a mira de um revólver por mais de seis horas na noite de terça, 22, para quarta, 23. Ele estava transitando pela rodovia Ivo Silveira com seu Chevrolet Corsa e resolveu parar perto da Quimisa para atender o telefone, por volta de 23:15. Sem que ele percebesse, dois homens aproximaram-se e abordaram-no. Um deles levantou a camisa para mostrar um revólver calibre 38 e mandou que a vítima ficasse quieta. Em seguida os criminosos entraram no carro. Eles roubaram R$ 300, um celular e droga. O homem disse à polícia que possuía maconha dentro do carro.

Logo em seguida, os bandidos mandaram que a vítima os levasse até uma boca de fumo para comprar drogas e ela atendeu. Entretanto, os criminosos não pararam por aí. Eles começaram a usar drogas dentro do Corsa. Incomodado, o homem disse aos ladrões que o cunhado dele era criminoso para ameaçá-los. Em resposta veio uma coronhada na cabeça. Ele recebeu a ordem de dirigir até a Gaspar. Quando chegaram ao município vizinho, mandaram que a vítima retornasse a Brusque e ficaram rodando até 5h. Os bandidos desceram do carro perto do lugar onde tinham abordado o homem. Embora o fato tenha ocorrido na madrugada, o boletim de ocorrência foi registrado mais de cinco horas depois, às 10h30 desta quarta-feira, 23.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio