Homem leva carro para vender em Balneário Camboriú e é roubado

Bandido solicitou negócio por telefone se passando por assessor de político

Homem leva carro para vender em Balneário Camboriú e é roubado

Bandido solicitou negócio por telefone se passando por assessor de político

O vendedor de uma concessionária de automóveis de Brusque foi vítima de um assalto em Balneário Camboriú na tarde de segunda-feira, 23 de julho. Ele foi até o litoral para levar um veículo que teria sido negociado pelo telefone. 

A vítima, Luiz Carlos Cassaniga Viti, 27 anos, relatou na Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Brusque que na manhã de segunda-feira recebeu uma ligação de um homem que se identificou como Junior e disse que era assessor de um político de Brasília que queria adquirir um carro para doar a um candidato à Prefeitura de Balneário Camboriú. 

Segundo Cassaniga, o homem teria dito que se interessou pelo veículo GM/Captiva, placas MIB 19281, e afirmou que o pagamento seria feito em dinheiro. Na sequência, solicitou que a vítima levasse o carro até Balneário Camboriú. 
O crime
Cassaniga foi até o local combinado para mostrar o veículo na rua 3700, Centro de Balneário Camboriú, e encontrou o autor do crime, que se identificou novamente como Junior, entrou no carro e sentou no banco traseiro, com a justificativa de que queria experimentar o veículo no banco de trás. 

A vítima saiu com o veículo e em seguida o homem anunciou o assalto. Segundo a vítima, ele teria encostado uma objeto pontiagudo na região das costelas, que ele não soube explicar se era uma faca ou uma arma. 
O bandido disse para a vítima “ficar tranquila” e não fazer o registro do crime, pois no dia seguinte ligaria pedindo o “resgate” do veículo em dinheiro.

Cassaniga foi abandonado no final de uma rua nas proximidades da BR 101. O bandido também levou um relógio, um celular e R$ 70 da vítima, além do documento de licenciamento que estava dentro do veículo. 

O vendedor encontrou uma residência onde conseguiu fazer uma ligação para a loja onde trabalha. Sobre o homem que o assaltou, ele descreveu como alto e de pele branca, e que usava boné e calça jeans. 

O caso foi remetido à Delegacia da Comarca de Balneário Camboriú, onde aconteceu o crime. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio