Homem morre ao despencar de barranco no bairro Limoeiro, em Itajaí

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na delegacia, Moacir Schneider, 30 anos, estava caçando taus com um amigo

Homem morre ao despencar de barranco no bairro Limoeiro, em Itajaí

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na delegacia, Moacir Schneider, 30 anos, estava caçando taus com um amigo

O pintor Moacir Schneider, 30 anos, morreu na madrugada de domingo, 19 de fevereiro, depois de cair de um barranco no final da rua Sorocaba, bairro Limoeiro. De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado pela mãe de Moacir, Solange Regina Schneider, ela foi informada da morte do filho durante a madrugada, através de um telefona de um amigo de Moacir, que ela não conheceria.
Na ligação, o amigo teria dito que os dois estavam caçando tatus em um matagal quando Moacir despencou do barranco, que teria cerca de 20 metros. O amigo também teria ligado para o Corpo de Bombeiros para pedir socorro. 
Ferimentos graves 
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o chamado foi feito por volta da 1 hora da madrugada. No local eles encontraram Moacir deitado de lado, inconsciente, com suspeitas de traumatismo crânio encefálico (TCE) e escoriações nos braços e no tórax. Ele não portava nenhum documento no momento do atendimento e morreu a caminho do hospital, porém, só foi identificado depois de chegar ao Hospital Azambuja. De acordo com o relato do B.O., os bombeiros informaram que o corpo de Moacir possuía lesões “estranhas” e foi encontrado em um local afastado e de difícil acesso. Ele era morador do bairro São Pedro.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio