Homem sai “para matar viciado” e acaba levando tiro em Brusque

Agressor foi ferido no abdômen e atendido no Hospital Azambuja

Homem sai “para matar viciado” e acaba levando tiro em Brusque

Agressor foi ferido no abdômen e atendido no Hospital Azambuja

Um morador de Brusque foi encaminhado ao Hospital Azambuja, nesta terça-feira, 24, por volta 23h, ferido por um tiro. Além dele, na mesma ocorrência, um casal também ficou machucado levemente por disparo de arma de fogo, segundo o Corpo de Bombeiros de Brusque.

A ocorrência foi atendida pelas PMs de Itajaí e de Brusque. De acordo com a polícia itajaiense, os militares foram atender um ocorrência de tentativa de homicídio e de posse de arma de fogo na rua Mineral, Limoeiro, limite entre Itajaí e Brusque.

Segundo informações, um homem estaria baleado na via. Chegando ao local, eles coletaram dados preliminares de dois homens e uma mulher com ferimentos, todos atendidos por equipes dos bombeiros de Brusque.

Após uma busca, os policias encontraram um revólver calibre 38 com cinco projéteis deflagrados. Os PMs foram o Hospital Azambuja, depois, para ouvir os relatos dos envolvidos.

De acordo com o relato da mulher, ela estava dormindo quando escutou barulho na porta do quarto e saiu para ver as crianças. Neste momento, ela viu o companheiro em luta corporal com um invasor.

O morador, que é o marido dela, contou aos policiais que estava deitado no quarto e escutou um barulho. Ele saiu para verificar o que ocorria e viu um homem desconhecido dentro de sua casa.

O morador começou a lutar com invasor e conseguiu tirar a arma dele. Depois, desferiu um tiro no invasor, segundo ele, para se defender. O intruso ficou caído para fora da casa.

Os PMs conversaram com o homem que estava com o revólver e que foi ferido pela própria arma.

Ele informou que trabalha em uma vidraçaria da cidade e que “teria saído para matar um viciado que só incomoda na rua e não deixa ninguém em paz”.

Disse também que acabou sendo agredido e levou um tiro no abdômen com um revólver calibre 38, de seu avô já falecido.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio