Homem se explica na delegacia após ser flagrado se masturbando

Ele afirmou que praticava o ato, mas que não tinha intenção de assediar ninguém

Homem se explica na delegacia após ser flagrado se masturbando

Ele afirmou que praticava o ato, mas que não tinha intenção de assediar ninguém

O homem flagrado se masturbando dentro de um carro na manhã de terça-feira, 28, se explicou ontem na Delegacia de Polícia Civil. Ele afirmou que praticava o ato no veículo da empresa onde trabalha, mas por conta do sol que refletia na porta do vidro da loja, não percebeu que estava sendo observado e nem mesmo filmado.

Segundo o homem, a cópia do vídeo dele se masturbando foi divulgada nas redes sociais, assim como o boletim de ocorrência da Polícia Militar, onde aparece seu nome completo. Com essa informação, as redes sociais dele foram acessadas, de onde foram extraídas fotos dele, familiares e dos dois filhos menores de idade.

Ele alega que as fotos e dados pessoais estão circulando, especialmente pelo WhatsApp, e a história tomando grandes proporções, chegando ao conhecimento de pessoas de todos os lugares do Brasil. Com isso, o homem diz que está sendo pré-julgado e se sentindo hostilizado ao sair na rua.

Na delegacia, ele ainda explicou que na terça-feira parou o carro no local para aguardar um atendimento agendado e decidiu acessar um site pornô no celular particular. Com isso, ele ficou excitado e passou a se masturbar.

Antes de iniciar o ato, ele viu que a rua estava vazia e, como a luz do sol refletia na porta de vidro, não viu a presença da mulher que o denunciou. Ele garante que se tivesse visto a mulher, não teria se masturbado naquele local, pois a intenção não era assediar ninguém.

O homem teme que pode perder o emprego por justa causa, que é o sustento da família e ainda, que utiliza o salário para comprar os remédios controlados do filho que tem problemas de saúde. Ele também está com receio em mandar o filho para a escola, pois pode sofrer constrangimentos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio