Homem tenta subornar policiais depois de tentar furtar mercado em Brusque

Francisco de Assis Kulmann de Freitas foi autuado por crime de furto tentado e corrupção ativa

Homem tenta subornar policiais depois de tentar furtar mercado em Brusque

Francisco de Assis Kulmann de Freitas foi autuado por crime de furto tentado e corrupção ativa

Um homem de 52 anos tentou subornar dois policiais militares e um civil nesta sexta-feira, 29, em Brusque. Francisco de Assis Kulmann de Freitas estava em um supermercado, no Centro, quando tentou furtar um shampoo e duas barras de chocolate, em um total de R$18,87. O supervisor do mercado acionou a Polícia Militar e contou que Freitas ainda xingou a operadora do caixa e tentou agredir um vigilante.

No caminho da Delegacia de Polícia Civil, Freitas ofereceu R$ 2 mil para que os policiais o liberassem. Na carceragem da delegacia, o suspeito chamou um agente policial e também ofereceu R$ 2 mil para ser liberado.

Durante revista pessoal, os policiais encontraram com Freitas R$4.656,00, $2 (pesos) e US$ 30 (dólares). O delegado Ismael Gustavo Jacobus, o autuou por furto tentado além do crime de corrupção ativa. 

– Ele foi interrogado na presença de um advogado e preferiu ficar em silêncio na maioria dos questionamentos. O dinheiro encontrado, ele disse que era de economias dos últimos tempos, da profissão de pedreiro -, informa o delegado.

Ele foi encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA), de Brusque ainda na tarde de sexta-feira, 29. Segundo o delegado Jacobus, ele deve responder o processo preso, pois o crime de corrupção ativo não permite que arbitre fiança. 

Francisco de Assis Kulmann de Freitas já possui passagens pela polícia. Ele possui liberdade provisória pelo crime de furto, ocorrido em 2008.

Leia mais na edição impressa de segunda-feira, 2 de dezembro.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio