Homens se jogam na frente de veículos para assaltar motoristas nas rodovias da região

Moradores relatam técnicas utilizadas pelos criminosos em duas rodovias da região

  • Por Redação
  • 11:31
  • Atualizado às 20:44

Homens se jogam na frente de veículos para assaltar motoristas nas rodovias da região

Moradores relatam técnicas utilizadas pelos criminosos em duas rodovias da região

  • Por Redação
  • 11:31
  • Atualizado às 20:44
  • +A-A

Os motoristas que trafegam à noite pelas rodovias da região devem redobrar a atenção. Relatos de dois moradores de diferentes bairros de Brusque, que procuraram o Município Dia a Dia, indicam que criminosos estão tentando cometer assaltos a motoristas dentro dos veículos. O crime, recorrente em grandes cidades, é incomum na região.

O primeiro caso aconteceu com o comerciante Agenor Vinotti, 58 anos, por volta das 20h de sexta-feira, 2. Ele conta que dirigia de Nova Trento a Brusque, pela rodovia Gentil Battisti Archer (SC-108), quando em uma descida, seguida de uma curva, pouco antes da Unidade Prisional Avançada (UPA), um homem magro e moreno, caminhava no sentido contrário com um objeto na mão.

Assim que chegou próximo ao veículo, o homem jogou uma blusa no para-brisa, na tentativa de fazer Vinotti parar. “Eu me assustei e acelerei, porque pensei que pudesse estar armado e disparar contra o carro”, diz.

Assim que chegou em Brusque, parou o veículo, no bairro Zantão, e foi conversar com outro motorista, que também havia passado pelo local. “Ele contou que quando passou, o cara sentou no meio da pista. Segundo ele, tinha outro homem junto, um pouco mais atrás, mas eu nem cheguei a ver, porque acelerei”.

Por volta das 19h30 de quarta-feira, feriado de 7 de setembro, uma moradora de Brusque também sofreu uma tentativa de assalto, mas dessa vez na rodovia Antônio Heil (SC-486), nas proximidades da curva da morte, ainda em Itajaí.

Segundo a mulher, que não quis ser identificada por temer represálias, dois homens que estavam de bicicleta se jogaram na frente dos veículos. Ela diz que os suspeitos – que aparentam ter cerca de 20 anos -, arrancaram as placas de sinalização e foram em direção aos carros, aparentemente para tentar quebrar os vidros.

A moradora conta que os homens têm altura mediana, são brancos e magros. Eles estavam de bermuda e chinelo – um deles com camiseta rosa e usando boné. Ainda segundo ela, a Polícia Militar (PM) foi acionada naquela mesma noite, fez rondas no local e não encontrou os suspeitos.

Polícia orienta

O comandante do 18º Batalhão da PM, tenente-coronel Moacir Gomes Ribeiro afirma que ao se deparar com situações semelhantes às citadas, o motorista deve ter cautela e não parar o veículo. Ele diz que, se possível, o condutor deve mudar o trajeto e comunicar os policiais imediatamente.

No entanto, Gomes afirma que se for inevitável a abordagem do suposto assaltante, o motorista não deve tomar nenhuma atitude precipitada e seguir as determinações do criminoso. Na sequência, a vítima deve comunicar à PM e passar o máximo de informações para que os profissionais possam identificar os suspeitos.

Em relação ao caso da rodovia Antônio Heil, o comandante da PM de Brusque afirma que a Polícia Rodoviária Militar e a Polícia Militar de Itajaí serão comunicadas sobre o relato da motorista brusquense.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio