Hospital Azambuja terá psicológa para atender críticas e sugestões

Serviço já é oferecido e visa atender às necessidades dos pacientes da unidade de saúde

Hospital Azambuja terá psicológa para atender críticas e sugestões

Serviço já é oferecido e visa atender às necessidades dos pacientes da unidade de saúde

A maioria dos hospitais conta com uma ouvidoria para atender as sugestões e críticas dos pacientes, porém são raras as unidades no Brasil que possuem um serviço ampliado, que tem a participação de uma psicóloga para ouvir as pessoas. Esta novidade na região agora faz parte da rotina dos pacientes do Hospital Azambuja, em Brusque.

Há quinze dias, uma psicóloga percorre diariamente os leitos do hospital, para conversar com os pacientes e ouvir as necessidades de cada um, além de saber a opinião deles sobre as mudanças na unidade.  “Este é mais um serviço que o hospital oferece para a comunidade visando a excelência no cuidado e atenção ao paciente, pois o Azambuja é referência na região”, lembra a Irmã Neuza Claudete dos Santos, gerente de enfermagem do Hospital Azambuja.

O trabalho é feito pela psicóloga Elizandra Andrade, que foi contratada recentemente pelo hospital, exclusivamente, para fazer este atendimento aos pacientes. “Nos primeiros dias, já percebi que os pacientes receberam muito bem o novo serviço. Foram muitos os elogios referentes à preocupação do hospital em ouvir também as críticas, mas muitos ressaltaram a melhora nos atendimentos, comparando com anos anteriores”, informou.

Segundo o diretor do Hospital Azambuja, Padre Nélio Roberto Schwanke, a intenção é dar ainda uma resposta às solicitações do paciente. “Acreditamos que não basta apenas ouvir, mas na medida do possível, retornar ao leito do paciente e levar uma resposta às suas reivindicações, assim mantemos cada vez mais esta parceria e respeito à comunidade”, destacou.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio