Hotéis de Brusque registram boa ocupação no verão

Maioria dos hotéis da cidade registra boa ocupação entre o Natal e ano novo

Hotéis de Brusque registram boa ocupação no verão

Maioria dos hotéis da cidade registra boa ocupação entre o Natal e ano novo

Seja para visitar os amigos e familiares ou pela falta de hotéis nas cidades litorâneas, Brusque também é um dos destinos frequentados por turistas nesta época do ano. A maioria dos hotéis da cidade registraram ocupação dentro da expectativa entre o dia 24 de dezembro e 1º de janeiro.

Apenas o hotel Veneza registrou uma diminuição na demanda em relação ao ano passado. De acordo com Leandro Pedrini, gerente do estabelecimento, a ocupação dessa temporada foi menor em relação a dezembro de 2013. Ele destaca que nesta época é comum a ocupação de turistas que ficam na cidade pela falta de hotéis no litoral ou pelos preços altos cobrados nessas regiões.

“Sempre temos um aumento nessa época, principalmente por causa das pessoas que vão para o litoral. Quem vem de cidades maiores, das capitais e regiões metropolitanas, por exemplo, consideram a distância da nossa cidade até a praia muito pequena. Além disso, como somos uma cidade com muitas empresas que entram em férias agora neste período, as fábricas aproveitam para comprar novo maquinário e quem faz a instalação disso, acaba dormindo na cidade”, explica.

Segundo Gisela Gracher Stieven, administradora do hotel Gracher, a ocupação do estabelecimento atingiu 60% entre o Natal e o ano novo. “O número de clientes não aumentou em relação a 2013, mas esperamos que até o fim de janeiro a demanda do hotel melhore e supere a expectativa para a temporada de verão”, declara.

No Brusque Palace Hotel a ocupação foi de 32%, também dentro da expectativa. O número é semelhante ao mesmo período do ano passado. Segundo Flavia Schaadt, gerente do estabelecimento, a maioria dos hóspedes vieram para cidade para turismo. No hotel Monthez a demanda também manteve o número das temporadas anteriores, com 50% de ocupação.

Taxa de ocupação no litoral

O setor hoteleiro em Balneário Camboriú ultrapassou as expectativas, atingindo 98% da ocupação durante os últimos dias de dezembro e a virada do ano. De acordo com Dirce Fistarol, vice-presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú e Região (Sindisol), os dias que os turistas costumam ficar nos hotéis também aumentou consideravelmente neste ano.

“No Natal tivemos 60% da ocupação hoteleira na cidade, porém, aquele turista que ficava só para as festas natalinas permaneceu mais tempo na cidade, ficando em alguns casos, até o réveillon. Essa mudança foi muito nítida aqui, antes o turista ficava em média três dias e este ano ficou entre cinco e sete dias nos hotéis”, revela Dirce.

Já na região da Costa Esmeralda, nos municípios de Itapema, Porto Belo e Bombinhas, a taxa de ocupação dos hotéis atingiu 75%. Para o presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes e Similares, José Maria Negreiros, a temporada entre o Natal e ano novo foi muito abaixo do esperado.

“Tivemos muitos veranistas e poucos turistas, ou seja, muita gente alugou casa, apartamento e deixou de se hospedar em hotéis. Isso diminiui bastante a nossa taxa de ocupação, o que gerou poucos lucros para o setor. Podemos dizer que tivemos uma das piores temporadas”, revela.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio