Idosos são flagrados capturando centenas de borboletas em área de proteção ambiental

Foram apreendidos 267 insetos e oito redes no Parque Nacional da Serra do Itajaí, em Apiúna

Idosos são flagrados capturando centenas de borboletas em área de proteção ambiental

Foram apreendidos 267 insetos e oito redes no Parque Nacional da Serra do Itajaí, em Apiúna

Um casal de idosos foi flagrado coletando centenas de borboletas dentro do Parque Nacional da Serra do Itajaí, em Apiúna. Os fiscais ambientais fizeram a autuação na localidade de Ribeirão Jundiá, na quinta-feira, 27 de fevereiro

Os aposentados praticavam o ato ilícito com o uso de oito redes, e na companhia dos netos: uma menina de 13 anos e um menino de apenas três anos. Os agentes acreditam que a captura das espécies, incomum na região, foi feita sob encomenda e classificam o flagrante como inusitado. 

Leia também

Foram apreendidos 267 borboletas e oito puçás, como são chamadas as redes. Os aposentados responderão em liberdade por crime ambiental, e estão sujeitos à pena de até 18 meses de detenção.

Eles terão vinte dias para apresentar defesa administrativa e recorrer da multa de R$ 267 mil aplicada pelos analistas ambientais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) – autarquia federal vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, que coordenou a operação de fiscalização com o apoio de soldados do 10º Batalhão de Polícia Militar de Santa Catarina.

A captura de espécies fauna silvestre sem autorização é crime ambiental. As multas são de R$ 500 por indivíduo, quando o animal está fora das listas oficiais de extinção, e de R$ 5 mil por indivíduo, se for de espécie ameaçada.

O parque, composto por nove municípios, entre eles Botuverá e Guabiruba, é uma unidade de conservação onde não é permitido a coleta de animais e plantas sem autorização prévia. 

Denúncias sobre o tráfico de animais silvestres e demais crimes ambientais podem ser feitas para a Polícia de Proteção Ambiental pelo (47) 3378-8480, para o ICMBio (47) 3326-1527 e para o Ibama no 0800-61-8080.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio