Igreja Católica se prepara para realizar o primeiro acampamento espiritual mirim

Evento será voltado para crianças de 10 a 12 anos e ocorrerá entre os dias 3 e 5 de novembro, em Botuverá

Igreja Católica se prepara para realizar o primeiro acampamento espiritual mirim

Evento será voltado para crianças de 10 a 12 anos e ocorrerá entre os dias 3 e 5 de novembro, em Botuverá

A Igreja Católica lançou mais uma modalidade dos tradicionais acampamentos religiosos realizados em Botuverá. Já estão abertas as inscrições para o acampamento mirim, para crianças de 10 a 12 anos.

As pré-inscrições já estão abertas e o download da ficha de inscrição pode ser preenchida por meio do site do projeto (www.acampamentosbrusque.com.br/downloads). O evento ocorrerá entre os dias 3 a 5 de novembro, no sítio Calcário Botuverá, mesmo local onde são realizadas as outras modalidades.

O diretor espiritual do acampamento, padre Rubens Rieg, explica que as vagas são limitadas e haverá uma seleção dos participantes. “Poderão ser, no máximo, 100 crianças. Por isso, faremos uma seleção, conforme a data da pré-inscrição, e aí as crianças que forem selecionadas deverão preencher uma nova ficha e entregar nas secretarias das paróquias”, explica.

Esta é a primeira vez que a Diocese de Brusque realiza o evento voltado para as crianças. De acordo com ele, o objetivo é fazer com que os pequenos fiquem mais próximas da igreja e aprendam valores que poderão ser levados para a vida.

“A ideia de trazer o acampamento é para que as crianças possam entender e ter uma experiência bonita de Deus e amizade com outras crianças. No acampamento, vamos trabalhar valores humanos e cristãos, em sintonia com todo o processo de engajamento dos pais que se dedicam para as coisas da igreja”, diz.

O padre ressalta que a estrutura será a mesma das demais modalidades, mas adaptada para a faixa etária. O acampamento mirim é uma solicitação antiga dos pais e a expectativa é que se torne tradição na diocese, assim como o juvenil, sênior, de casais e o de formação de adolescentes cristãos.

“Já existe uma espera bastante grande por este acampamento, que pretende colaborar com as famílias e das esperança e objetivos, valores fortes para a vida das crianças, para que não vivam a vida de qualquer modo, mas lutando e acreditando por coisas que valem a pena”, destaca o padre.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio