Igreja planeja construção de restaurante no Azambuja

Igreja iniciou a elaboração do projeto de engenharia; climatização e melhorias na iluminação estão entre as prioridades

Igreja planeja construção de restaurante no Azambuja

Igreja iniciou a elaboração do projeto de engenharia; climatização e melhorias na iluminação estão entre as prioridades

A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Brusque (SDR) deve intermediar a busca por recursos para a revitalização do Santuário Nossa Senhora de Azambuja e a construção de um restaurante no seu entorno. O pároco do santuário, padre Pedro Schlichting solicitou ainda o auxílio do governo estadual para investimentos em climatização e iluminação, classificadas por ele como prioridades. “O Santuário de Azambuja é um local muito importante para o município, estou muito esperançoso.”

Além das melhorias na parte estrutural do santuário, o padre busca também recursos para a construção de um restaurante no complexo de Azambuja. “É muito necessário não só pelos peregrinos, mas no dia a dia também. O fluxo de visitação é muito grande, tanto no santuário, como na gruta, no morro, e não temos estrutura para atender esses visitantes”, diz.

A ideia é construir o restaurante no espaço onde hoje estão localizados os banheiros, a lanchonete e a loja de artigos religiosos. “Estamos elaborando o projeto, mas já sabemos que o restaurante deve ter capacidade para 180 pessoas. Hoje não temos o que oferecer, a peregrinação diminuiu porque não temos um ambiente para acolher os fiéis, principalmente em dias de chuva”, diz.

Climatização e iluminação

De acordo com o padre, a principal reivindicação é a instalação de ar-condicionados. “Temos uma programação intensa aos fins de semana, e nos dias de calor, o aglomerado de pessoas nos mostra que é cada vez mais necessário climatizar”, afirma.

Hoje, para refrescar nos dias de calor, a igreja conta apenas com ventiladores, que, na maioria das vezes, não dão conta de refrescar o ambiente. “Já está mais do que na hora de investirmos em uma refrigeração adequada”, ressalta.

O padre busca ainda melhorar a iluminação do santuário. “A nossa iluminação é ultrapassada. O santuário é um ponto turístico, precisa ter um ambiente mais bem preparado. Pedimos ajuda para fazer um iluminação melhor tanto na parte interna, quanto na parte externa, já que a igreja é um cartão postal da cidade”, destaca.

De acordo com padre Pedro, ainda não foi feito um levantamento de todos os custos para revitalizar a igreja. “Ainda estamos elaborando os projetos para apresentar, sabemos apenas que só a climatização deve passar de R$ 100 mil. Já contratamos engenheiro para fazer o projeto, e estamos chamando fornecedores para fazer o orçamento”.

Para o secretário Jones Bosio, a melhoria da estrutura do santuário é fundamental para aumentar o número de visitantes. “Perdemos muitos turistas depois que a Santa Paulina foi beatificada, então a ideia é trazer esses turistas de volta para Azambuja”, afirma

Ele diz que convidará o governador a participar de uma missa no santuário, já que Raimundo Colombo é católico praticante. O secretário espera que isso ajude a sensibilizar o governador sobre a importância de recuperar a tradição do turismo religioso em Brusque.

O Santuário Nossa Senhora de Azambuja possui em seu complexo o seminário menor Metropolitano, museu arquidiocesano Dom Joaquim, teatro do seminário, gruta Nossa Senhora de Lourdes, morro do Rosário e a igreja, além do hospital Azambuja.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio