Conteúdo exclusivo para assinantes

Imóvel da antiga agência dos Correios é cedido para a Prefeitura de Brusque

Intenção do executivo é implantar no local um equipamento de saúde pública

Imóvel da antiga agência dos Correios é cedido para a Prefeitura de Brusque

Intenção do executivo é implantar no local um equipamento de saúde pública

O imóvel da antiga sede da agência dos Correios, na avenida Monte Castelo, no Centro, foi cedido para a Prefeitura de Brusque por 15 anos. Desde o começo de 2017 as partes negociavam, sendo que na sexta-feira, 27, após reunião com o superintendente estadual de operações dos Correios, Marciano da Silva Vieira, foi oficializada a cessão de uso da área para o município.

A prefeitura cogita implantar no local um equipamento de saúde pública – muito provavelmente trazer a estrutura do Casarão da Saúde ou parte dela. O próximo passo agora é a assinatura do termo de comodato entre o executivo e os Correios, que deve ocorrer até o fim do ano, para então, no começo de 2018 os serviços já serem disponibilizados para a população.

O vice-prefeito de Brusque, Ari Vequi, conta que as negociações iniciaram no início da gestão e que a exigência dos Correios era que a área fosse destinada a um bem público.

Ele ressalta que o executivo acatou a solicitação, porém, tem consciência que a posse da área é da Igreja Luterana e que a qualquer intervenção judicial devolve o espaço aos proprietários – (na década de 1970, a comunidade luterana repassou a área aos Correios, por meio de concessão por tempo determinado).

“Enfrentamos problemas há tempo devido à intervenção dos moradores de rua no local, e inclusive já tivemos algumas reintegrações de posse lá. A intenção da prefeitura é manter o espaço, até por ser na área central da cidade, mas deixamos claro que defendemos que a área é da comunidade luterana e a qualquer intervenção jurídica devolveremos”.

Vequi diz que o espaço necessita de pequenas reformas, como pintura, recuperação dos banheiros e paredes, além de serviço de jardinagem e urbanização.

O vice-prefeito afirma ainda, que caso a área não venha a ser ocupada pela Secretaria de Saúde, algum outro serviço público, como de Cultura ou o do Procon, serão colocados lá.

O prédio e terreno dos Correios possuem 1.050 metros quadrados. A formalização de cessão de uso da área para o município é para o período de 15 anos, prorrogável por igual período.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio